Total de visualizações de página

Seguidores

sábado, 27 de janeiro de 2018

OS CIGANOS ( para Ya Habib)




Esta linha de trabalhos espirituais já é muito antiga dentro da Umbanda. Assim, numerosas correntes ciganas estão a serviço do mundo imaterial e carregam como seus sustentadores e dirigentes aqueles espíritos mais evoluídos e antigos dentro da ordem de aprendizado, preservando os costumes como forma de trabalho e respeito, facilitando a possibilidade de ampliar suas correntes com seus companheiros desencarnados e que buscam no universo astral seu paradeiro. 
O povo cigano designado ao encarne na Terra, através dos tempos e de todo o trabalho desenvolvido até então, conseguiu conquistar um lugar de razoável importância dentro deste contexto espiritual, tendo muitos deles alçado a graça de seguirem para outros espaços de maior evolução espiritual. 
Existe uma argumentação de que espíritos ciganos não deveriam falar por não ciganos, ou por médiuns não ciganos; e, que se assim o fizessem, deveriam fazê-lo no idioma próprio de seu povo. 
Isso é totalmente descabido e está em desarranjo total com os ensinamentos da espiritualidade e sua doutrina evangélica, limitações que se pretende implantar com essa afirmação na evolução do espírito humano, pretendendo carregar para o universo espiritual nossas diminutas limitações e desinformação, fato que levaria grande prepotência discriminatória. Agem no plano da saúde, do amor e do conhecimento, suportam princípios magísticos e tem um tratamento todo especial e diferenciado de outras correntes e falanges. Ao contrário do que se pensa os espíritos ciganos reinam em suas correntes preferencialmente dentro do plano da luz e positivo, não trabalhando a serviço do mal e trazendo uma contribuição inesgotável aos Homens, claro que dentro do critério de merecimento. Tanto quanto qualquer outro espírito teremos aqueles que não agem dentro desse contexto e se encontram espalhados pela escuridão e a seus serviços, por não serem diferentes de nenhum outro espírito humano. 
Aqueles que trabalham na vibração de Exu, são os Exus Ciganos e as Pombo-Gira Ciganas, que são verdadeiros Guardiões à serviço da luz nas trevas, cada um com seu próprio nome de identificação dentro do nome de força coletivo, trabalhando na atuação do plano negativo à serviço da justiça divina, com suas falanges e trabalhadores. 
Embora encontremos no plano positivo falanges chefiadas por ciganos em planos de atuação diversos, o tratamento religioso não se difere muito e se mantêm dentro de algumas características gerais.
Trabalham dentro da parte espiritual da Umbanda com uma vibração oriental com seus trajes típicos e graciosos, com sua cultura de adivinhações através das cartas, leituras das mãos, numerologia, bola de cristal e as runas. 
 Dentro os mais conhecidos, podemos citar os ciganos Pablo, Wlademir, Ramirez, Juan, Pedrovick, Artemio, Hiago, Igor, Vitor e tantos outros, da mesma forma as ciganas, como Esmeralda, Carmem, Salomé, Carmencita, Rosita, Madalena, Yasmin, Maria Dolores, Zaira, Sunakana, Sulamita, Wlavira, Iiarin, Sarita e muitas outras também. 
É importante que se esclareça, que a vinculação vibratória e de axé dos espíritos ciganos, tem relação estreita com as cores estilizadas no culto e também com os incensos, prática muito utilizada entre ciganos. 
Os ciganos usam muitas cores em seus trabalhos, mas cada cigano tem sua cor de vibração no plano espiritual e uma outra cor de identificação é utilizada para velas em seu louvor. 
Os incensos são sempre utilizados em seus trabalhos e de acordo com o que se pretende fazer ou alcançar. 
Alguns dos incensos e suas funções astrais: 
Madeira - para abrir os caminhos 
Almíscar - para favorecer os romances 
Jasmim - para o amor 
Lótus - para a paz e tranqüilidade 
Benjoim - para proteção e limpeza 
Sândalo - para estabelecer relação com o astral 
Mirra - Incenso sagrado usado para limpar após os rituais e durante eles e também usado quando vai se desfazer alguma demanda ou feitiço. 
Laranja - para acalmar alguém ou ambiente. 
Quando se tratar de espírito cigano, com certeza ele indicará o incenso de sua preferência ou de sua necessidade naquele momento, regra geral o incenso mantêm sempre correspondência com a área de atuação dele ou dela ou do trabalho que estará sendo levado a efeito. 
Quando se tratar de oferendas e já não estiver estipulado o incenso certo para acompanhar e houver sua necessidade solicitada, bem como nas consagrações o incenso que deve acompanhar deverá sempre ser o de maior correspondência com o próprio cigano ou cigana. 
No caso de uma oferenda normal e tão somente necessária para manutenção, agrado ou tratamento sugere-se o incenso espiritual ou de rosa, que mantém efeito de evocação de leveza, de elevação ou mesmo de louvação espiritual. 
Para o cigano de trabalho, se possível, deve-se manter um altar separado do altar geral, o que não quer dizer que não se possa cultuá-lo no altar normal. 
Devendo esse altar manter sua imagem, o incenso apropriado, uma taça com água e outra com vinho, mantendo a pedra da cor de preferência do cigano, fazendo oferendas periódicas para ciganos, mantendo-o iluminado sempre com vela branca ou da cor referenciada. 
Da mesma forma quando se tratar de ciganas, apenas alterando a bebida para licor doce (ou outra bebida de sua preferência). 
Os espíritos ciganos gostam muito de festas e todas elas devem acontecer com bastante frutas, todas que não levem espinhos de qualquer espécie, podendo se encher jarras de vinho tinto com um pouco de mel. 
Podendo ainda fatiar pães do tipo broa, muitas flores silvestres, rosas, velas de todas as cores e se possível incenso de lótus. 
As saias das ciganas são sempre muito coloridas e o baralho, o espelho, o punhal, os dados, os cristais, a dança e a música, moedas, medalhas, são sempre instrumentos magísticos de trabalho dos ciganos em geral. 
Os ciganos trabalham com seus encantamentos e magias e os fazem por força de seus próprios mistérios, olhando por dentro das pessoas e dos seus olhos. 
É muito comum usar-se em trabalhos ciganos 
moedas antigas, 
fitas de todas as cores, 
folha de sândalo, 
punhal, 
raiz de violeta, 
cristal, lenços coloridos, 
folha de tabaco, 
tacho de cobre, de prata, 
cestas de vime, 
pedras coloridas, 
areia de rio, 
vinho, perfumes e escolher datas certas em dias especiais sob a regência das diversas fases da Lua..." 

POVO CIGANO 
Os ciganos são verdadeiros andarilhos, livres e alegres. 
Sua origem é indiana, mas surgem dos mais variados lugares com uma descendência infinita, ao ponto em que seria impossível de citar todas. 
Os mais conhecidos vieram da Espanha, Portugal, Hungria, Marrocos, Argélia, Rússia, Romênia e Iugoslávia. 
Carregam consigo seus costumes, características e tradições. 
Origem Outras informações sobre as origens dos ciganos foram obtidas através de estudos lingüísticos feitos a partir do século passado pelo alemão Pott, o grego Paspati, o austríaco Micklosicyh e o italiano Ascoli. A comparação entre os vários dialetos que constituem a língua cigana, chamada romaní ou romanês, e algumas línguas indianas, como o sânscrito, o prácrito, o maharate e o punjabi, permitiu que se estabelecesse com certeza a origem indiana dos ciganos. 
A maior parte dos indianistas, porém, fixa a pátria dos ciganos no noroeste da Índia, mas os indianistas modernos, têm tendência a não considerá-lo um grupo homogêneo, mas um povo viajante muito antigo, composto de elementos diversos, alguns dos quais poderiam vir do sudeste da Índia. 
Diáspora Cigana A razão pela qual abandonaram as terras nativas da Índia permanece ainda envolvida em mistério. 
Parece que eram originariamente sedentários e que devido ao surgimento de situações adversas, tiveram que viver como nômades. 
Mas a origem indiana dos ciganos é hoje admitida por todos os estudiosos, não havendo dúvidas quanto ao que diz respeito à língua e à cultura. 
A maioria, igualmente, os ligam à casta dos párias. 
Isso em parte por causa de seu aspecto miserável, que não se deve a séculos de perseguição, pois foi descrito bem antes da era das perseguições. 
Também por causa dos empregos subalternos e das profissões geralmente desprezadas na Índia contemporânea pelos indianos que lhes parecem estreitamente aparentados. 
A presença de bandos de ex-militares e de mendigos entre os ciganos contribuiu para piorar sua imagem. 
Além disso, as possibilidades de assentamento eram escassas, pois a única possibilidade de sobrevivência consistia em viver às margens das sociedades. 
Os preconceitos já existentes eram reforçados pelo convencimento difundido na Europa que a pele escura fosse sinal de inferioridade e de malvadeza. 
Os ciganos eram facilmente identificados com os Turcos porque indiretamente e em parte eram provenientes das terras dos infiéis, assim eram considerados inimigos da igreja, a qual, condenava as práticas ligadas ao sobrenatural, como a cartomancia e a leitura das mãos que os ciganos costumavam exercer. 
A falta de uma ligação histórica precisa a uma pátria definida ou a uma origem segura não permitia o reconhecimento como grupo étnico bem individualizado, ainda que por longo tempo haviam sido qualificados como Egypicios. 
A oposição aos ciganos se delineou também nas corporações, que tendiam a excluir concorrentes no artesanato, sobretudo no âmbito do trabalho com metais. 
O clima de suspeitas e preconceitos se percebe na criação de lendas e provérbios tendendo a por os ciganos sob mau conceito, a ponto de recorrer-se à Bíblia para considerá-los descendentes de Caim, e portanto, malditos (Gênesis 9:25). 
Difundiu-se também a lenda de que eles teriam fabricado os pregos que serviram para crucificar Cristo (ou, segundo outra versão, que eles teriam roubado o quarto prego, tornando assim mais dolorosa a crucificação do Senhor). Dos preconceitos á discriminação, até chegar as perseguições. 
Na Sérvia e na Romênia foram mantidos em estado de escravidão por um certo tempo; a caça ao cigano aconteceu com muita crueldade e com bárbaros tratamentos. 
Deportações, torturas e matanças foram praticadas em vários Estados, especialmente com a consolidação dos Estados nacionais. Sob o nazismo os ciganos tiveram um tratamento igual ao dos judeus: muitos deles foram enviados aos campos de concentração, onde foram submetidos a experiências de esterilização, usados como cobaias humanas. 
Calcula-se que meio milhão de ciganos tenham sido eliminados durante o regime nazista. 
Um exemplo entre muitos: o trem que chegou a Buchenwald em 10 de outubro de 1944 trazia 800 crianças ciganas. 
Foram todas assassinadas nas câmaras de gás do crematório cinco. Não se sabe bem por qual razão, os nazistas permitiram que conservassem seus instrumentos musicais. 
A música serviu-lhes de último consolo. Um sobrevivente não cigano relembra uma passagem do ano de 1939 em Buchenwald: "De repente, o som de um violino cigano surgiu de uma das barracas, ao longe, como que vindo de uma época e de uma atmosfera mais feliz... Árias da estepe húngara, melodias de Viena e de Budapeste, canções de minha terra". 
Atualmente, os ciganos estão presentes em todos os países europeus, nas regiões asiáticas por eles atravessadas, nos países do oriente médio e do norte da África. 
Na Índia existem grupos que conservam os traços exteriores das populações ciganas: trata-se dos Lambadi ou Banjara, populações semi-nômades que os "ciganólogos" definem como "Ciganos que permaneceram na pátria". 
Nas Américas e na Austrália eles chegaram acompanhando deportados e colonos. Os primeiros ciganos vieram para o Brasil no século XVI, trazidos pela corte real de D. João VI para divertir a comitiva; sendo eles: cantores, músicos e dançarinos. 5 Kalon é o nome de uma tribo cigana que veio de Portugal e da Espanha com sua música flamenca. 
Outras tribos ou grupos foram os Rom vindos da Iugoslávia, Romênia e Hungria. A tribo Cósmica e Kiev vieram da Rússia. Existem mais de 50 tribos no mundo. Recentes estimativas sobre a consistência da população cigana indicam uma cifra ao redor de 12 milhões de indivíduos. 
Deve-se salientar que estes dados são aproximados, pois na ausência de censos, esses se baseiam em fontes de informação nem sempre corretas e confirmadas. 
Na Itália inicialmente o grupo dos Sintos representava uma grande maioria, sobretudo no Norte; mas nos últimos trinta anos esse grupo foi progressivamente alcançado e às vezes suplantado pelo grupo dos Rom provenientes da vizinha antiga Iugoslávia e, em quantidades menores, de outros países do leste europeu. 
Na Itália meridional já estava presente há muito tempo o grupo dos Rom Abruzzesi, vindos talvez por mar desde os Balcãs. 
Um dos nomes mais freqüentemente dados aos ciganos era o de Egypcios. Por que esse nome? Por que os títulos de duque ou conde do Pequeno Egito adotados com freqüência pelos chefes ciganos? Uma crônica de Constâncio menciona os "Ziginer", que visitam, em 1438, a cidade de uma ilha "não distante do Pequeno Egito". Um dos principais centros na Costa do Peloponeso encontrava-se ao pé do monte Gype, conhecido pelo nome de Pequeno Egito. Pode-se perguntar por que o local era chamado de Pequeno Egito. Não seria justamente por causa da presença dos Egypicios? 
O certo é que não pode se tratar do Egito africano. O itinerário das primeiras migrações ciganas não passa pela África do Norte. 
O geógrafo Bellon, ao visitar o vale do Nilo no século XVI, encontra, diz ele, pessoas designadas de Egypicios na Europa, pessoas que no próprio Egito eram consideradas estrangeiras e recém-chegadas. 
Nenhum argumento histórico ou lingüístico permite confirmar a hipótese de algum êxodo dos ciganos do Egito, ao longo da costa africana para ganhar, pelo sul, a Península Ibérica. 
Ao contrário, os ciganos chegaram à Espanha pelo norte, depois de terem atravessado toda a Europa. 
O cigano designa a si próprio como Rom, pelo menos na Europa (Lom, na Armênia; Dom, na Pérsia; Dom ou Dum, Síria) ou então como Manuche. Todos esses vocábulos são de origem indiana (manuche, ou manus, deriva diretamente do sânscrito) e significam "homem", principalmente homem livre. "Rom" e "Manuche" se aplicam a dois dos principais grupos ciganos da Europa Ocidental. Uma designação logrou êxito, a de uma antiga seita herética vinda da Ásia Menor à Grécia, os Tsinganos, dos quais subsistia - quando da chegada dos ciganos à terra bizantina - a fama de mágicos e adivinhos. 
Os gregos diziam Gyphtoï ou Aigyptiaki; os albaneses, Evgité. Depois que partiram das terra gregas, ficou-lhes esse nome, sob diversas formas. O nome Égyptien era de uso corrente na França do séc. XV ao XVII. Em espanhol, Egiptanos, Egitanos, posteriormente Gitanos (de onde surgiu Gitans em francês); às vezes em português Egypicios; em inglês Egypcians ou Egypcions, Egypsies, posteriormente Gypsies; em neerlandês, Egyptenaren, Gipten ou Jippenessen. 
Língua A língua cigana (o romani) é uma língua da família indo-européia que, pelo vocabulário e pela gramática, está ligada ao sânscrito, eles não permitem sua divulgação e tradução para que os Gadjoes (não-ciganos) não conheçam seus segredos. Fazendo parte do grupo de línguas neoindianas, é estreitamente aparentada a línguas vivas tais como o hindi, o goujrathi, o marathe, o cachemiri. No entanto, eles assimilariam muitos vocábulos das línguas dos países por onde passaram. 
Outros dialetos como o Caló também são usados por alguns grupos. 
VAMOS FALAR ROMANI? 
Acans - olhos 
Marrão - pão 
Aruvinhar - chorar 
Mirinhorôn - viúva 
Bales - cabelos 
Naçualão - doente 
Baque - sorte, fortuna, felicidade 
Nazar - flor 
Bato - pai 
Paguicerdar - pagar 
Brichindin - chuva 
Panin - água 
Cabén - comida 
Paxivalin - donzela 
Cabipe - mentira 
Querdapanin - português 
Cadéns - dinheiro 
Quiraz - queijo 
Calin - cigana 
Raty - sangue 
Calon - cigano 
Remedicinar - casar 
Churdar - roubar 
Ron - homem 
Dai (ou Bata) - mãe 
Runin - mulher 
Dirachin - noite 
Sunacai - ouro 
Duvêl - Deus 
Suvinhar - dormir 
Estardar - prender 
Tiráques - sapatos 
Gadjó - não cigano 
Trup - corpo 
Gajão - brasileiro, senhor 
Urai - imperador ou rei 
Gajin - brasileira, senhora 
Urdar - vestir 
Jalar - ir embora 
Vázes - dedos ou mão 
Kachardin - triste 
Xacas - ervas 
Kambulin - amor 
Xinbire - aguardente 
Lon -sal 
Xôres - barbas 

Religião 
Os ciganos, ao deixarem a Índia, não carregaram suas divindades. Eles possuíam na sua língua apenas uma palavra para designar Deus (Del, Devel). 
Eles se adaptaram facilmente às religiões dos países onde permaneceram. No mundo bizantino, tornaram-se cristãos. 
Já no início do século XIV, em Creta, praticavam o rito grego. 
Nos países conquistados pelos turcos, muitos ciganos permaneceram cristãos enquanto que outros renderam-se ao Islã. Desde suas primeiras migrações em direção ao Oeste eles diziam ser cristãos e se conduziam como peregrinos. 
A peregrinação mais citada em nossos dias, quando nos referimos aos ciganos, é a de Saintes-Maries-de-la-Mer, na região da Camargue (sul da França). 
Antigamente era chamada de Notres-Dames-de-la-Mer. 
Mas não foi provado que, sob o Antigo Regime, os ciganos tenham tomado parte na grande peregrinação cristã de 24 e 25 de maio, tão popular desde a descoberta no tempo do rei René, das relíquias de Santa Maria Jacobé e de Santa Maria Salomé, que surgiram milagrosamente em uma praia vizinha. 
Nem que já venerassem a serva das santas Marias, Santa Sara a Egípcia, que eles anexarão mais tarde como sua compatriota e padroeira. A origem do culto de Santa Sara permanece um mistério e foi provavelmente na primeira metade do século XIX que os Boêmios criaram o hábito da grande peregrinação anual à Camargue. Muitas ciganas que não conseguiam ter filhos faziam promessas a ela, no sentido de que, se concebessem, iriam à cripta da Santa, em Saintes-Maries-de-La-Mer no Sul da França, fariam uma noite de vigília e depositariam em seus pés como oferenda um Diklô, o mais bonito que encontrassem. 
E lá existem centenas de lenços, como prova que muitas ciganas receberam esta graça. Sua história e milagres a fez Padroeira Universal do Povo Cigano, sendo festejada todos os anos nos dias 24 e 25 de maio. Segundo o livro oráculo (único escrito por uma verdadeira cigana) "Lilá Romai: Cartas Ciganas", escrito por Mirian Stanescon - Rorarni, princesa do clã Kalderash, deve ter nascido deste gesto de Sara Kali a tradição de toda mulher cigana casada usar um lenço que é a peça mais importante do seu vestuário: a prova disto é que quando se quer oferecer o mais belo presente a uma cigana se diz: "Dalto chucar diklô" (Te darei um bonito lenço). 
Além de trazer saúde e prosperidade, Sara Kali é cultuada também pelas ciganas por ajudá-las diante da dificuldade de engravidar. 

SANTA SARA KALI 
Sara é um referencial de fé e de amor. 
É uma mensageira de Jesus Cristo. 
É um farol de luz para aqueles que estão perdidos. 
É o perfume que segue os ciganos na liberdade das estradas. 
É a Padroeira dos ciganos nos quatro cantos do mundo. 
O Santuário de Santa Sara Kali está localizado na Igreja de Notre Dame de La Mer, cidade provençal de Saint-Marie-de-La-Mer, no sul da França. Todos os anos, ciganos do mundo inteiro peregrinam às margens do mar Mediterrâneo para louvar Santa Sara, nos dias 24 e 25 de maio. Existem várias versões com as lendas de Santa Sara Kali. Entre os anos 44 e 45, por causa das perseguições cristãs, pela ira do Rei Herodes Agippa, alguns discípulos de Jesus Cristo foram colocados em embarcações, entregues à própria sorte. Em uma dessas embarcações estavam Maria Madalena, Maria Jacobé, Maria Salomé, José de Arimatéia e Trofino que, junto com Sara uma cigana escrava, foram atirados ao mar. 
Milagrosamente a barca, sem rumo, atravessou o oceano e aportou em Petit-Rhône, hoje Saint-Marie-de-La-Mer, na França. Segundo a lenda, as três Marias, em desespero em alto mar, sem esperanças de sobreviver, choravam e rezavam o tempo todo. Sara, ao ver o sofrimento das amigas, retirou o diklô (lenço) da cabeça e chamou por Kristesko (Jesus Cristo), fazendo um juramento ao Mestre, no qual Sara tinha fervorosa fé. A cigana prometeu que, se todos se salvassem, ela seria escrava do Senhor e jamais andaria com a cabeça descoberta, em sinal de respeito. 
O diklô é um simbolismo forte entre os ciganos. 
Significa a aliança da mulher casada em sinal de respeito e fidelidade. 
Santa Sara protege as mulheres que querem ser mães e sente dificuldades em engravidar. Protege, também, os partos difíceis. Basta ter fé na sua energia. 

TRADIÇÕES 
Casamento.
No casamento tende-se a escolher o cônjuge dentro do próprio grupo ou subgrupo, com notáveis vantagens econômicas. 
A importância do dote é fundamental especialmente para os Rom; no grupo dos Sintos se tende a realizar o casamento através da fuga e conseqüente regularização. Desde pequenas, as meninas ciganas costumam ser prometidas em casamento. 
Os acertos normalmente são feitos pelos pais dos noivos, que decidem unir suas famílias. 
O casamento é uma das tradições mais preservadas entre os ciganos, representa a continuidade da raça, por isso o casamento com os não ciganos não é permitido em hipótese alguma. 
Quando isso acontece a pessoa é excluída do grupo (embora um cigano possa casar-se com uma gadjí, isto é, uma mulher não cigana, a qual deverá porém submeter-se às regras e às tradições ciganas). 
É pelo casamento que os ciganos entram no mundo dos adultos. 
Os noivos não podem Ter nenhum tipo de intimidade antes do casamento. A grande maioria dos ciganos no Brasil, ainda exigem a virgindade da noiva. 
A noiva deve comprovar a virgindade através da mancha de sangue do lençol que é mostrada a todos no dia seguinte. 
Caso a noiva não seja virgem, ela pode ser devolvida para os pais e esses terão que pagar uma indenização para os pais do noivo. 
No caso da noiva ser virgem, na manhã seguinte do casamento ela se veste com uma roupa tradicional colorida e um lenço na cabeça, simbolizando que é uma mulher casada. 
Durante a festa de casamento, os convidados homens, sentam ao redor de uma mesa no chão e com um pão grande sem miolo, recebem dos os presentes dos noivos em dinheiro ou em ouro. 
Estes são colocados dentro do pão ao mesmo tempo em que os noivos são abençoados. 
Em troca recebem lenços e flores artificiais para a mulheres. Geralmente a noiva é paga aos pais em moedas de ouro, a quantidade é definida pelo pai da noiva. 
O primeiro dia Algumas particularidades distinguem e dão a um casamento cigano o seu caráter específico. 
A festa de casamento é prevista para durar de dois a vários dias, reunindo ciganos de todas as partes do país, e mesmo do exterior, pois os convites são dirigidos aos membros da comunidade em geral. As despesas das festas de noivado e de casamento, incluindo sua organização e o vestido de noiva, são de responsabilidade da família do noivo. 
Os preparativos do banquete de casamento ocorrem na residência dos pais dos noivos. 
Num esforço comunitário, com a participação dos parentes mais próximos do noivo - homens e mulheres envolvidos - são preparados os pratos típicos da festa. 
No dia do casamento na igreja, antes de todos partirem para a cerimônia, ocorre uma seqüência de eventos, agora na casa da noiva. Esta já está pronta, vestida de branco, quando chega a família do noivo, dançando ao som de músicas ciganas. 
Na sala de jantar, onde já está disposta a mesa com diversas comidas e bebidas, os homens se sentam. De um lado da mesa, a família do noivo. Do outro, a da noiva. A conversa acontece em romani, as mulheres permanecem à volta. 
É simulada uma negociação - a compra ritual da noiva. Moedas de ouro trocam de mãos. Em seguida, abrem uma garrafa de bebida, envolvida em um pano vermelho bordado, que os homens à mesa bebem – a proska . 
Surge então a noiva, vestida de branco, pronta para a Igreja. 
Mais música e agora a noiva dança com o padrinho, ainda na sala de jantar/estar. Em seguida, todos saem para se dirigirem à igreja. O cortejo com as famílias seguindo, e apenas o noivo não estava presente, pois aguarda na igreja. 
Lá, a cerimônia é convencional, exceto pelos trajes dos convidados e padrinhos vestidos com as tradicionais roupas ciganas, e a profusão de jóias. 
Apenas algumas dezenas de convidados compareceram à cerimônia religiosa, considerada mais íntima. 
O momento seguinte do casamento ocorre no acampamento onde um conjunto garante a animação musical da festa. 
Desde o início, danças em círculo e uma bandeira vermelha com o nome dos noivos. 
Os convidados vão chegando aos poucos, juntando-se às danças, enquanto duas grandes mesas, são arrumadas. 
No banquete, homens e mulheres ficarão separados, em lados opostos. A festa vai chegando ao fim quando a noiva a deixa, juntamente com a família do noivo, à qual passa a pertencer. 
Entre a festa do primeiro dia e a que ocorrerá no dia seguinte, há a noite de núpcias do casal. 
O segundo dia A festa começa novamente no dia seguinte, agora na casa dos pais do noivo, onde o casal passa a residir. 
O banquete continua - agora para um número menor de convidados. No lugar do branco do dia anterior, o vermelho se sobressai na festa - nos cravos, usados pelos convidados, na decoração, na bandeira, nas roupas da noiva. 
Esta, recebe cada convidado, junto a uma bacia com água de onde tira cravos vermelhos, para oferecer-lhes. 
Em troca, recebe notas de dinheiro, geralmente de pequeno valor. 
A continuação da festa de casamento, depois do primeiro dia, será toda voltada para a noiva, que é agora, uma mulher casada. 
Sempre acompanhada do marido, ela deixa o semblante triste que a acompanhou até este momento. 
Nascimento Antigamente era muito respeitado o período da gravidez e o tempo sucessivo ao nascimento do herdeiro; havia o conceito da impureza coligada ao nascimento, com várias proibições para a parturiente. 
Hoje a situação não é mais tão rígida; o aleitamento dura muito tempo, às vezes se prolongando por alguns anos. 
Para as mulheres ciganas, o milagre mais importante da vida é o da fertilidade porque não concebem suas vidas sem filhos. 
Quanto mais filhos a mulher cigana tiver, mais dotada de sorte ela é considerada pelo seu povo. 
A pior praga para uma cigana é desejar que ela não tenha filhos e a maior ofensa é chamá-la de Dy Chucô (ventre seco). 
Talvez seja este o motivo das mulheres ciganas terem desenvolvido a arte de simpatias e garrafadas milagrosas para fertilidade. 
Uma criança sempre é bem vinda entre os ciganos. 
É claro que sua preferência é para os filhos homens, para dar continuidade ao nome da família. A mulher cigana é considerada impura durante os quarenta dias de resguardo após o parto. 
Logo que uma criança nasce, uma pessoa mais velha, ou da família, prepara um pão feito em casa, semelhante a uma hóstia e um vinho para oferecer às três fadas do destino, que visitarão a criança no terceiro dia, para designar sua sorte. 
Esse pão e vinho será repartido no dia seguinte com todos as pessoas presentes, principalmente com as crianças. 
Da mesma forma e com a finalidade de espantar os maus espíritos, a criança recebe um patuá assinalado com uma cruz bordada ou desenhada contendo incenso. 
O batismo pode ser feito por qualquer pessoa do grupo e consiste em dar o nome e benzer a criança com água, sal e um galho verde. O batismo na igreja não é obrigatório, embora a maioria opte pelo batismo católico. 
O cigano preserva muito a sua sorte. 
Existem várias crenças para mantê-la, da vida uterina até a morte. Diariamente a gestante cigana faz um ritual simples para que a criança ao nascer tenha sorte: ao avistar os primeiros raios de sol, passa a mão em sua barriga; da mesma forma, logo que vê os primeiros raios de luar, ela repete o gesto, desejando sorte e felicidade para o bebê. 
Esta é a forma dela saudar as forças da natureza e pedir-lhe as bênçãos de suas luzes para a vida que já existe em seu ventre. 
No sétimo dia após o nascimento da criança a mãe dá um banho no bebê, jogando moedas e jóias de ouro e pétalas de rosas em sua água, para que o filho ou filha conheça sempre a fartura, a prosperidade e a riqueza. 
Vários ditados ciganos em Romanês fazem alusão à benção de gerar filhos: 
"E juli que naila chavê thi sporil e vitza" ( A mulher que não tem filho passa pela vida e não vive); 
"Mai falil ek chau ano dy, dikê ek gunô perdo galbentça" 
( Mais vale um filho no ventre do que um baú cheio de moedas de ouro); 
"Nai lovê anê lumia thie potinás ek chau" ( Não existe dinheiro no mundo que pague um filho). 
Dentro da comunidade cigana, o casal em que um dos dois seja impossibilitado de ter filhos, embora amando-se, a comunidade faz com que se separem, porque o amor que se têm pela perpetuação da raça supera ou abafa qualquer outro sentimento. A família, para o povo cigano, é o seu maior patrimônio. 

Família 
A família é sagrada para os ciganos. 
Os filhos normalmente representam uma forte fonte de subsistência. As mulheres através da prática de esmolar e da leitura de mãos. Os homens, atingida uma certa idade, são freqüentemente iniciados em outras atividades como acompanhar o pai às feiras para ajudá-lo na venda de produtos artesanais. Além do núcleo familiar, a família extensa, que compreende os parentes com os quais sempre são mantidas relações de convivência no mesmo grupo, comunhão de interesses e de negócios, possuem freqüentes contatos, mesmo se as famílias vivem em lugares diferentes. 
Aos filhos é dada uma grande liberdade, mesmo porque logo deverão contribuir com o sustento da família e com o cuidado dos menores. Além da família extensa, há entre os Rom um conjunto de várias famílias (não necessariamente unidas entre si por laços de parentesco) mas todas pertencentes ao mesmo grupo e ao mesmo subgrupo. O nômade é por sua própria natureza individualista e mal suporta a presença de um chefe: se tal figura não existe entre Sintos e Rom, deve-se reconhecer o respeito existente com os mais velhos, aos quais sempre recorrem. 
Entre os Rom a máxima autoridade judiciária é constituída pelo krisnítori, isto é, por aquele que preside a kris. A kris é um verdadeiro tribunal cigano, constituído pelos membros mais velhos do grupo e se reúne em casos especiais, quando se deve resolver problemas delicados como controvérsias matrimoniais ou ações cometidas com danos para membros do mesmo grupo. 11 Na kris podem participar também as mulheres, que são admitidas para falar, e a decisão unilateral cabe aos membros anciães designados, presididos pelo krisnítori, que após haver escutado as partes litigantes, decidem, depois de uma consulta, a punição que o que estiver errado deverá sofrer. Recentemente, a controvérsia se resolve, em geral, com o pagamento de uma soma proporcional ao tamanho da culpa, que pode chegar a vários milhares de dólares; no passado, se a culpa era particularmente grave, a punição podia consistir no afastamento do grupo ou, às vezes, em penas corporais. Morte No que se refere à morte, o luto pelo desaparecimento de um companheiro dura em geral muito tempo. Junto aos Sintos parece prevalecer o costume de queimar-se a kampína (o trailer) e os objetos pertencentes ao defunto. Os ciganos acreditam na vida após a morte e seguem todos os rituais para aliviar a dor de seus antepassados que partiram. 
Costumam colocar no caixão da pessoa morta uma moeda para que ela possa pagar o canoeiro a travessia do grande rio que separa a vida da morte. 
Antigamente costumava-se enterrar as pessoas com bens de maior valor, mas devido ao grande número de violação de túmulos este costume teve que ser mudado. 
Os ciganos não encomendam missa para seus entes queridos, mas oferecem uma cerimônia com água, flores, frutas e suas comidas prediletas, onde esperam que a alma da pessoa falecida compartilhe a cerimônia e se liberte gradativamente das coisas da Terra. 
Entre os ritos fúnebres praticados pelos Rom está a pomána, banquete fúnebre no qual se celebra o aniversário da morte de uma pessoa. A abundância do alimento e das bebidas exprimem o desejo de paz e felicidade para o defunto. 
As Pománas são feitas periodicamente até completar um ano de morte. 
Os ciganos costumam fazer oferendas aos seus antepassados também nos túmulos. Narguilê Uma das tradições mais antigas dos ciganos na Turquia é o narguilé (hookah ou shisha, como é conhecido no Egito), que homens e mulheres têm imenso prazer em fumar. O narguilé iniciou toda uma nova cultura que durou por muitos e muitos anos. 
Até hoje o narguilé oferece divertimento a uma diferente casta de fumantes.  
Música e Dança.
Quando os ciganos deixaram o Egito e a Índia, eles passaram pela Pérsia, Turquia, Armênia, chegando até a Grécia, onde permaneceram por vários séculos antes de se espalharem pelo resto da Europa. A influência trazida do oriente é muito forte na música e na dança cigana. 
A música e a dança cigana possuem influência hindu, húngaro, russo, árabe e espanhol. 
Mas a maior influência na música e na dança cigana dos últimos séculos é sem dúvida espanhola, refletida no ritmo dos ciganos espanhóis que criaram um novo estilo baseado no flamenco. Alguns grupos de ciganos no Brasil conservam a tradicional música e dança cigana húngara, um reflexo da música do leste europeu com toda influência do violino, que é o mais tradicional símbolo da música cigana. 
No Brasil, a música mais tocada e dançada pelos ciganos é a música Kaldarash, própria para dançar com acompanhamento de ritmo das mãos e dos pés e sons emitidos sem significação para efeito de acompanhamento. 
Essa música é repetida várias vezes enquanto as moças ciganas dançam. 
Exibem sua dança, bailando ao som dos violinos e acordeões. Assim são as graciosas e faceiras ciganas, que encantam com seus mistérios, com suas saias rodadas, seus lenços coloridos, pandeiros enfeitados com fitas e suas castanholas. 
Os ciganos dançam com seu porte elegante, transmitindo a todos serenidade e dignidade. Seu ritual é a dança do fogo, bailando ao redor da fogueira até o dia amanhecer, transmitindo a todos sua alegria e proteção de sua padroeira Santa Sara Kali, que faz da liberdade sua religião. 

COMIDAS CIGANAS 
Armiana 
Salada de alface com champignon; queijo de cabra, cenoura, beterraba e beringela frita . Enfeitada com uvas passas, raminhos de hortelã e pétalas de flores. 

Assados 
Pernil de carneiro (Bakró); 
Pernil de leitão (Baló); 
Cabrito frito com arroz e brócolis (ou lentilha ou nozes); e/ou roletes de carne bovina ou frango com pedaços de cebola, pimentão (verde e amarelo) e tomate. 

Brynza 
Queijo de cabra (cru ou frito). 
Chivuiza Destilado à base de trigo (espécie de aguardente). 
Civiaco Torta salgada ou doce. 
Manouche 
Feijões vermelhos grandes, pedaços de carne e de ossos de pernil de porco, alhos-porós em pedaços, salsão com as folhas em pedaços, alhos comuns inteiros com casca, cenouras e batatas cortadas em pedaços grandes, sal e pimenta-do-reino (moída na hora) à gosto; arroz branco que deve ser incorporado na última etapa do cozimento. 
Goulash 
Cozido de arroz, batata, pedaços de carne bovina e páprica ardida. 
Malay 
Pão de milho. 
Manrô/Lolako Pão redondo de Farinha de Trigo. 
Mamalyga Polenta. 
Naut Grão de Bico com lingüiça. 
Paprikach Costela defumada (bovina ou suína) e bacon ao molho vermelho de tomate e pimentão com batatas pequenas, cozidas (na casca) e páprica doce. 
Papuchá Pirão de Milho. 
Sifrite Ponche de Frutas com Champanhe, Vinho e/ou refrigerante. Enfeitar com pétalas de rosa 
Sarmá Arroz com lentilha, carne seca desfiada e nozes. Sarmy/Salmava Charutos ou Rolinhos feitos em folhas de repolho recheados com lombo ou carne bovina moída, azeitonas, bacon e molho dourado; e/ou em folha de uva com recheio de bacalhau. Varensky Pastel cozido podendo ser doce (recheado com uva) ou salgado (recheado com batata ou queijo de cabra). 
Tchaio/Kavi Chá Cigano feito com Chá Preto ou Mate com pedaços de frutas (maçã: felicidade; uva fresca: prosperidade; uva passa ou ameixa: progresso; morango: amor; damasco: sensualidade; pêssego: equilíbrio pessoal; limão: energia positiva e purificação da alma). 
Fazer o chá em água fervente e deixar amornar. 
Colocar as frutas maceradas, misturar bem, coar e beber. 

Samovar Feitos de diferentes metais como cobre, ferro ou prata, seguindo as mais diversas tendências artísticas, os Samovars se tornaram um símbolo da hospitalidade Russa e da prosperidade da família, com o tempo emergiu um complexo ritual de preparação e degustação de chá, sempre servido pela anfitriã ou por sua filha mais velha. 

MAGIAS CIGANAS 
Para o máximo proveito de uma viagem, sempre antes de sair fazem um brinde com vinho branco e mel. 
Quem fica deve beber metade da taça, simbolizando que o resto ficará para ser bebido na volta. 
E aquele que parte bebe metade e atira metade na terra, para pedir sorte. 
Para o sucesso de viagem de  negócios.
Em tudo que fizer durante a viagem, relacionado ao objetivo dela, quando precisar assinar seu nome, antes de mais nada, trace uma cruz no local a ser assinado, com a ponta da caneta, sem toar a superfície do papel. 
Para viajar em paz. 
Se você vai mudar de residência ou viajar, verifique na parede onde fica a cabeceira de sua cama, se não está deixando ali nenhum prego torto ou parafuso mal colocado, retire os pregos e fixe os parafusos, depois pode viajar em paz. 
Para afastar má sorte.
Qualquer cigano que tenha um mínimo de conhecimento das tradições recusará, quando em viagem, qualquer prato que lhe seja servido que contenha pés de galinha ou de qualquer outra ave, para os ciganos, a maneira como essas aves se alimentam, ciscando para trás, dá azar. 
 Encontrar o Amor.
Utilizada pelos casais para reforçar o amor e fortalecer a união. Após o casamento e no momento de sair em viagem de lua-de-mel, o homem presenteia sua esposa com um botão de cravo vermelho. Ela, em contrapartida, deve receber o botão com a mão esquerda e, com a direita, ofertar um botão de rosa vermelha ao homem. 
Para evitar inimigos 
Para evitar inimigos, enterrar, diante do local onde se pretende ficar, um punhal com a ponta voltada para baixo. 
 Para um breve regresso Assim que a pessoa partir, basta pegar a última xícara, último copo ou última caneca que ela usou e, sem lavá-la, virá-la de boca para baixo e deixar sobre um envelope de carta vazio e em branco. 

LENDAS.
Sobre a origem uma lenda cigana, passada por gerações e gerações, que diz que o povo cigano foi guiado por um rei no passado e que se instalaram em uma cidade da Índia chamada Sind onde eram muito felizes. Mas em um conflito, os muçulmanos os expulsaram, destruindo toda a cidade. Desde então foram obrigados a vagar de uma nação a outra... 
Outra das lendas ciganas, diz que existia um povo que vivia nas profundezas da terra, com a obrigação de estar na escuridão, sem conhecer a liberdade e a beleza. 
Um dia alguém resolveu sair e ousou subir às alturas e descobriu o mundo da luz e suas belezas. 
Feliz, festejou, mas ao mesmo tempo ficou atormentado e preocupado em dar conta de sua lealdade para com seu povo, retornou à escuridão e contou o que aconteceu. 
Foi então reprovado e orientado que lá era o lugar do seu povo e dele também. 
Contudo, aquele fato gerou um inconformismo em todos eles e acreditando merecerem a luz e viver bem, foram aos pés de Deus e pediram a subida ao mundo dos livres, da beleza e da natureza. Deus então, preocupado em atendê-los, concedeu e concordou com o pedido, determinando então, que poderiam subir à luz e viver com toda liberdade, mas não possuiriam terra e nem poder e em troca concedia-lhes o Dom da adivinhação, para que pudessem ver o futuro das pessoas e aconselhá-las para o bem. 
Segundo outra lenda, narrada pelo poeta persa Firdausi no século V d.C., um rei persa mandou vir da Índia dez mil Luros, nome atribuído aos ciganos, para entreter o seu povo com música. 
É provável que a corrente migratória tenha passado na Pérsia, mas em data mais recente, entre os séculos IX e X. Vários grupos penetraram no Ocidente, seja pelo Egito, seja pela via dos peregrinos, isto é, Creta e o Peloponeso. 
O caráter misterioso dos ciganos deixou uma profunda impressão na sociedade medieval. 
Mas a curiosidade se transformou em hostilidade, devido aos hábitos de vida muito diferentes daqueles que tinham as populações sedentárias. 

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

LIMPEZA ESPIRITUAL 21 DIAS ARCANJO MIGUEL



LIMPEZA ESPIRITUAL 21 DIAS ARCANJO MIGUEL

Técnicas de Autocura e Auto-perdão
Por nenhum motivo esse material deve produzir temor, pois, se trata precisamente de eliminá-lo como o principal implante para a dominação coletiva.
A Liberação de Implantes

Essa informação tem sido preparada especialmente para ti, o Trabalhador da Luz no caminho da ascensão. Você foi divinamente guiado a esse material. A experiência de liberação de implantes é um grande passo em seu retorno para seu verdadeiro poder.
A liberação dos implantes e dispositivos conduzirá sua vida para um novo nível de claridade e propósito. 
Representa uma liberação coletiva de muitos níveis de carma ao mesmo tempo.
Para ter esse tipo de impacto é necessário liberar os votos e acordos que mantém os dispositivos em seu lugar, assim como ter o poder espiritual, para realmente dissolver os implantes mesmo.


Como Obtivemos os Implantes?
Os implantes se recebem de diferentes maneiras, em muitas marcas diferentes de tempo, localizações e situações. Há muitos tipos diferentes de implantes e propósitos.
Alguns tipos são produto da história da interação com as forças escuras durante nossas numerosas batalhas de dualidade em diversos sistemas planetários. 
.

Como Sei se Eu Tenho Implantes?
Já que nós como Trabalhadores da Luz, temos estado ativamente comprometidos, 
em muitas batalhas de dualidade em diferentes sistemas planetários, todos temos sido capturados muitas vezes e temos sido sujeitados a implantes de uma ou outra forma.
A pergunta não é "Eu tenho implantes?" mas "Quais implantes tenho e como me desfaço 
deles?".
Se você está no planeta e não foi limpo, seguramente você os tem. E ainda se foi limpo por outros métodos de um ou dois dispositivos, há possibilidades de que não te hajam removido todos.
Há milhões deles. Esse processo vai limpar todas as variedades conhecidas e desconhecidas, para todos os períodos de tempo, dimensões e localizações simultaneamente.
Também existe uma proteção que se constrói com esse processo, quando recebes a 
liberação através de uma transmissão pessoal, para proteger-te contra qualquer intento, de qualquer ser que queira implantar-te novamente.

Por que a Maioria dos Médiuns não Pode Ver os Implantes?
Na sua maioria, os médiuns estão também implantados e, portanto, são cegos a estes. Se necessita uma perspectiva especial orientada à ascensão, para estar conscientes destes e um conhecimento especial para o que fazer com eles.


Por que Eu Devo Limpar seus Implantes Agora?
Os implantes jogaram uma parte primordial no carma que necessita ser resolvido, de uma vida a outra. Quando se está implantado, se requer que regresses na roda da reencarnação uma e outra vez para resolver o carma e ser controlado pelas forças escuras outra vez, uma maneira muito inteligente para garantir o estado do planeta para sempre, isto é, até agora.
Ao ascender uma alma de regresso à sua Presença EU SOU, todo o carma deve ser balanceado, todos os implantes removidos. Ainda que haja indivíduos que ascenderam  desde o tempo de Jesus; isto tem sido um sucesso raro até agora.
O planeta mesmo tomou a decisão de ascender para uma realidade de quinta dimensão. 
A Graça se estendeu para absolver todo o carma, para aqueles que elejam a ascensão 
com ele. Parte da Graça é a liberação dos implantes.

 O Que é que Limpa esse Processo?
Esse processo limpa todos os implantes e dispositivos de limitação espiritual, 
conhecidos e desconhecidos, armas espirituais, parasitas mentais e do corpo emocional, entidades 
grudadas, formas pensamento de todos os tipos (incluindo maldições, encantamentos e feitiços) e os votos e acordos que mantém os dispositivos dentro de você. 

Os acordos ou contratos de implantes são os que sustentam aos implantes em seu 
lugar e são os que lhes fazem regressar à terceira dimensão, caso não tenham sido 
completamente renunciados. Esta é a razão principal, de que algumas técnicas de liberação não tenham 
êxito.
Também por isso é necessário ter participação consciente no processo de liberação. 
Os laços cármicos são associações de vidas passadas, com certos indivíduos ou lugares 
que emanam através de tuas relações presentes e as afetam de forma negativa.

LIMPEZA ESPIRITUAL ARCANJO MIGUEL



Este processo limpa todas as limitações espirituais, conhecidas e desconhecidas, armas espirituais, parasitas mentais e do corpo emocional, entidades grudadas, formas - pensamento de todos os tipos, incluindo maldições, encantamentos, magias e feitiços, e os votos e acordos que mantém os dispositivos dentro de você. 
Esta cura dispara um ciclo de 21 dias de limpeza que trará novas aberturas à sua vida de muitas formas. Na primeira ou segunda semana podem ocorrer sonhos estranhos. 
Também pode ser que você não tenha sonhos, fazendo um trabalho de processamento mais profundo. Em qualquer caso, não se preocupe, ambos são normais. 
Coloque particular atenção na forma que suas próprias percepções do mundo possam mudar. Haverá um sentimento de calma e clareza, trazendo um novo sentimento de propósito e significado na vida. A vida melhorará em todas as áreas.
Comece a limpeza de tudo o que está ligando externamente com o sofrimento.


 Leia atentamente, de preferência no horário em que ninguém vai interferir.
Comece:
"Eu apelo ao Cristo para acalmar meus medos e para apagar todo mecanismo de 
controle externo que possa interferir com esta cura. Eu peço a meu Ser Superior que feche minha aura e estabeleça um canal de Cristo para os propósitos de minha cura, para que só as 
energias de Cristo possam fluir até mim. 

Não se poderá fazer outro uso deste canal que não seja o fluxo de energias de Cristo." (Imagine uma rotação igual aos ponteiros do relógio de uma energia violeta ao redor de teu corpo e de tudo ao teu redor imediato. Esta energia rotatória continuará por toda uma hora e meia ou através da noite se estás fazendo este procedimento antes de dormir).
Agora apelo ao Arcanjo Miguel, da décima terceira Dimensão para que sele e proteja completamente esta sagrada experiência. 
Agora apelo ao Círculo de Segurança da décima terceira dimensão para que sele, proteja e aumente completamente o escudo de Miguel, assim como para que remova qualquer  coisa que não seja de natureza de Cristo e que exista atualmente dentro deste campo. 
Agora apelo aos Mestres Ascensionados e a nossos assistentes Crísticos, apoiando nas naves, para que removam e dissolvam completamente, todos e cada um dos implantes e suas energias semeadas, parasitas, armas espirituais e dispositivos de limitação auto-impostos, tanto conhecidos como desconhecidos. Uma vez completado isso apelo a pela completa  restauração e reparação do campo de energia original, infundido com a energia dourada de Cristo". 

Repita todo o seguinte (7x): 
EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! 
EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre! 
(Para que esta cura seja permanente, devemos fechar as portas que a permitiram em primeiro lugar). 

Repita o seguinte:
"Eu, O ser conhecido como (declare seu nome) nesta encarnação particular, por este meio revogo e renuncio a todos e cada um dos compromissos de fidelidade, votos, acordos e/ou contratos de associação que já não servem a meu bem mais elevado, nesta vida, vidas passadas, vidas simultâneas, em todas as dimensões, períodos de tempo e localizações ou onde quer mais na Mente de Deus. 
Eu agora ordeno a todas as entidades (que estão ligadas com esses contratos, organizações e associações às que agora renuncio) que cessem e desistam e que abandonem meu campo de energia agora e para sempre e em forma retroativa, tomando seus artefatos, dispositivos e energias semeadas com vocês. Para assegurar isto, Eu agora apelo ao Sagrado Espírito Santo para que seja testemunha
da dissolução de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas que não honram Deus/Pai/Mãe. Isto inclui todas as alianças e seres que não honram a Deus/Pai/Mãe como Supremo. 
Ademais Eu peço que o Espírito Santo "Testemunhe" a libertação completa de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas, tanto conhecidas como desconhecidas, que infringem a vontade de Deus / Pai / Mãe. Eu declaro isto adiante e retroativamente. 
E assim seja. 
Eu agora volto a garantir minha aliança com Deus / Pai / Mãe através do domínio do Cristo 
e a voltar a dedicar meu ser inteiro, meu ser físico, mental, emocional e espiritual à vibração de Cristo, desde este momento em diante e em retroativo. 
Mais ainda dedico minha vida, meu trabalho, tudo o que penso, digo e faço e todas as coisas em meu ambiente que, todavia me servem, à vibração de Cristo também. 
Ademais, dedico meu ser a minha própria mestria e ao caminho da ascensão, tanto do planeta como o meu.
Havendo declarado tudo isto Eu agora autorizo ao Cristo e a meu próprio Ser Superior para que façam mudanças em minha vida para acomodar esta nova dedicação e 
Eu peço ao Espírito Santo que testemunhe isto também. Eu agora declaro isto às 
chamas masculina/feminina de Deus. Que seja escrito no Livro da Vida. 

Que assim seja. 
Graças a Deus."

DECRETO PARA O PERDÃO 
Agora, permita-se curar e perdoar colectivamente todos esses aspectos de ti que fizeram os acordos e a todos os que participaram em tua limitação de qualquer forma. 
Por favor, inclua nesta oração de perdão a quem quer que necessites perdoar conscientemente, assim como aqueles desconhecidos para ti. 
Repita o seguinte: 
"Ao Universo e à Mente de Deus inteira e a cada ser nela, a todos os lugares aonde  tenha estado, experiências nas que tenha participado e todos os seres que necessitam esta cura, já sejam conhecidos ou desconhecidos para mim. Qualquer coisa que se mantenha entre nós, Eu agora curo e perdoo. Eu agora apelo ao Santo Espírito Shekinah, ao Senhor Metatron, ao Senhor Maitreya e a Saint Germain para que ajudem e testemunhem esta cura. 

Queridos, Eu os perdoo, por tudo o que necessite ser perdoado entre vocês e eu. 
Eu lhes peço que me perdoem, por tudo o que necessite ser perdoado entre vocês e eu. 
O mais importante, Eu me perdoo a mim mesmo, por tudo o que necessite ser perdoado entre minhas encarnações passadas e meu Ser Superior". Estamos agora colectivamente curados e perdoados,curados e perdoados, curados e perdoados.
Todos estamos agora elevados a nossos seres Crísticos. Nós estamos plenos e rodeados com o amor dourado de Cristo.
Nós estamos plenos e rodeados da dourada Luz de Cristo. Nós somos livres de todas a 
vibrações de terceira e quarta dimensões de medo, dor e ira.
Todos os cordões e laços psíquicos unidos a essas entidades, dispositivos implantados, contratos ou energias semeadas, estão agora libertados e curados. Eu agora apelo a 
Saint Germain para que transmute e retifique com a Chama Violeta todas minhas energias que me foram tiradas e as regresse a mim agora em seu estado purificado.
Uma vez que estas energias regressaram a mim, Eu peço que esses canais através dos 
quais se drenava minha energia sejam dissolvidos completamente.
Eu peço ao Senhor Metatron que nos liberte das cadeias da dualidade. 
Eu peço que o selo do Domínio do Cristo seja colocado sobre mim.
Eu peço ao Espírito Santo que testemunhe que isto se cumpra. 
E assim é. 
Eu agora peço ao Cristo que esteja comigo e cure minhas feridas e cicatrizes. 
Eu também peço ao Arcanjo Miguel que me marque com seu selo, que 
Eu seja protegido para sempre das influências que me impedem fazer a vontade denosso Criador. 
E assim seja!
Eu dou graças a Deus, aos Mestres Ascensionados, ao Comando Ashtar, aos Anjos e 
Arcanjos e a todos os demais que tem participado nesta cura e elevação contínua de meu ser. 


Selah. Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus do Universo!"

fim

APOS O DECRETO
Não te movas por uma hora e meia. Descansa nos braços do Radiante enquanto os 
Cirurgiões Etéreos do Comando Ashtar removem os implantes completamente. 
Podes desejar dormir, descansando seguro de que estás no caminho da Ascensão e ninguém pode interferir com a obtenção da Mestria!

DEPOIS DA SESSÃO
Esta cura dispara um ciclo de limpeza de 21 dias que continuará abrindo tua vida em muitas formas.
Na primeira ou segunda semana podes ter sonhos inusuais. Este é um período de 
evacuação natural. Ou podes não ter sonhos em absoluto, fazendo um trabalho de processamento 
muito profundo. Em qualquer caso, não te preocupes, ambos são normais. 
Coloque particular atenção na forma que tuas próprias percepções do mundo possam mudar. Não te surpreendas se o mundo se vê muito mais brilhante e te sentes seguro 
nele.
As pessoas podem parecer mais amigáveis e ao caminhar por tua vida, áreas que tem estado fechadas previamente para ti estarão agora abertas. Tem que passar algum tempo, ao menos 30 dias, antes que possam compreender totalmente as diversas maneiras em que foi afetada tua vida e você mesmo.



CERTOS BENEFÍCIOS DESTE PROCESSO INCLUEM:
1) Sentimentos de calma interna e claridade;
2) A conversação mental interna está mais tranquila;
3) A tensão interna se foi;
4) Se ganha ou se melhora a habilidade de canalizar;
5) Um sentimento de um novo sentido de propósito e significado na vida;
6) Sentimentos de amor, paz e júbilo;
7) A vida melhora em todas as áreas;
8) Sentido de Unidade, consciência espiritual elevada;
9) Dissolução de relações não produtivas.
Há proteção construída contra uma nova implantação, em parte porque uma vez que se faz a revogação de votos completamente, teu livre arbítrio e desejo de permanecer livre de implantes e dispositivos de limitação espiritual te impedirão ser implantado novamente. 
Também serás agregado à rede de proteção do Comando Ashtar. 

Etereamente se verá como um cinturão dourado amplo que se move defensivamente ao redor de teu campo de energia quando o necessites.
Todavia o livre arbítrio consciente e a resistência subconsciente podem anular a libertação 
de todos os votos. Assegure-se que tua intenção seja liberar TODOS os votos e acordos. 
Se não estás seguro, repete a revogação de votos. Se não te sentes absolutamente limpo e com tudo terminado depois, repete a sessão inteira.

NÚMEROS QUE CURAM POR G. P. GRABOVOI. 2ª PARTE




Código  1888948 -Transformar Negativo em Positivo
Crie o seu próprio método de concentração

Você pode se concentrar em um dígito após o outro, por exemplo, do primeiro para o último número ou selecionar determinados números ou seções da sequência.

Isto vai dar variedade a sua concentração.

O método de concentração na sequência numérica apropriada (após o diagnóstico prévio) oferece uma oportunidade para curar a pessoa ou profilaticamente melhorar sua situação.

Você também pode cobrir as interdependências entre várias doenças.

Se você comparar a sequência de sete dígitos de uma doença com outra de uma doença diferente pode capturar informações sobre o significado das sequências, o que conecta essas doenças e seus métodos de tratamento.

É importante entender a importância de ter em mente a eliminação desenvolvimento e doença.

O conhecimento apresentado neste livro pode ser aplicado tanto para o homem quanto para a natureza, na prevenção de catástrofes. E quanto mais rápido for divulgado, antes se obterão os resultados, tanto à nível individual como coletivo.


Ele discute suas habilidades em seu livro de três volumes, “A Prática do Controle, o caminho para a salvação”. Doutor em Ciências,  e acadêmico graduou-se na Faculdade de Matemática Aplicada e Mecânica da Universidade Estadual de Tashkent - com especialidade em mecânica, em 1986.

Possui uma formação em saúde. Ele é também um acadêmico da Academia Internacional de Informatização. Membro Correspondente da Academia de Ciências da Rússia. Conselheiro do Federal Aviation Service da Rússia.

Seus livros explicam como a descoberta do campo criativo da informação ou da energia da consciência, podem manifestar fisicamente qualquer informação ou objeto que você desejar, assim como também aqueles que não estão sujeitos ao continuum espaço-tempo, ao converter essa informação em forma geométrica conhecida.

Isto é por que os números de "Grabovoi" podem ser usados para diagnóstico remoto, regeneração da matéria, dentro de qualquer período de tempo por meio da transformação do tempo em forma de espaço.

O objetivo do ensino de Grabovoi, segundo o próprio, é transmitir o conhecimento do Senhor para as pessoas de todo o mundo, a fim de salvá-los de uma possível catástrofe global e possibilitar que cada um possa alcançar saúde perfeita, imortalidade física, ressuscitar em seus corpos físicos todos os que se já se foram e proporcionar o desenvolvimento construtivo, harmonioso e eterno de toda a humanidade.

Ele alega habilidades pessoais de controle remoto da matéria física a qualquer distância, cura de centenas de pessoas doentes, incluindo câncer e aids, sem mesmo estar presente no local. Esses fatos são certificados pela medicina tradicional e comprovada por declaração autenticada de pessoas curadas.

Usando sua clarividência ele consegue examinar remotamente aeronaves, para descobrir possíveis defeitos, trabalha com materialização, desmaterialização e teletransporte.

Ele regenera até matéria destruida. Ele quer que essas habilidades sejam aprendidas por todos, para que assim possam usar esses dons para evitar catástrofes, através da criação, sem destruição.

Ele também afirma-se como um segundo advento de Cristo na Terra.

Gobovoi, é uma força tão grande e desconhecida que as autoridades russas, receosas das implicações que seus ensinamentos e práticas poderiam ter sobre a população local, o colocaram na prisão por 11 anos com acusações falsas de charlatanismo, de onde foi liberado há menos de 6 meses.

Grabovoi, através dos seus livros, liberou uma série enorme de sequências numéricas para serem utilizadas como "remédios" para os principais males que afetam a humanidade, sejam eles na área da saúde, do comportamento, da sorte e do destino de cada ser humano.

Grabovoi trabalha somente com documentos registrados em cartório. Se alguém chega com um problema de saúde, ele pede laudos médicos, os registra e trabalha a pessoa. Depois ele pede que a pessoa retorne ao seu médico, refaça os exames e os traga de volta para que sejam registrados. Ele tem um livro só com registros de casos.

As sequências numéricas de 7, 8, 9 e 11 dígitos são encontradas nos livros de Grabovoi.

Infelizmente ainda não há nenhum traduzido em português.

Para usar sem conhecer o método, a melhor forma é mentalizar as sequências, sempre visualizando a situação em perfeição... a coisa já realizada.

Pode escrever e colar no corpo , em garrafas de água e ir bebendo durante o dia, colocar em agenda, carteira... enfim ser criativo.

No caso de querer tratar de vários assuntos simultaneamente, ela afirma que é possível, mas é preferível tratar de um assunto de cada vez, para facilitar que a pessoa tenha a percepção do movimento que está acontecendo.

A seguir algumas sequências numéricas a para assuntos genéricos, porém de interesse de grande número de pessoas.

Amor - 888 412 1289018

Amor eterno (incondicional) - 888 912 818848

Paz - 1001105010

Prosperidade - 71427321893

Abundância Financeira - 318 798

Harmonização Universal - 14854232190

Sustentabilidade ambiental - 97318541218

Emagrecer - 4812412

Depressão - 519514 319891

Desemprego – 318514517618

Consciência Elevada - 519 377898 997

Problemas de Pele (e também venéreos) - 18584321

Rejuvenescer - 2145432

Preguiça - 318 41791844

Queda de cabelo (calvície) - 5484121

Problemas nos dentes - 1488514

Cárie - 5148584

Esmalte do Dente - 618 374 898 161

Carisma - 491718594817

Determinação - 498518498

Proteção - 9187756981818

Escudo - 814418719

Talismã - 817219738

Dependência química - 5333353

Alcoolismo - 148543292

Vício em Nicotina - 1414551

Determinação e foco para aprendizagem - 212585212

Empreendedorismo - 71974131981

Compreensão - 39119488061

Para se Apaixonar - 515889

Para atrair a pessoa ressonante (Regra Dourada) - 591 718 9181419

Tudo é possível - 519 7148

1 – Situações críticas de saúde – 1258912

Ataque cardíaco – 8915678
Choque traumático e similares – 1895132
Insuficiência aguda cardiovascular – 1895678
Insuficiência respiratória aguda – 1257814

2 – Tumores – 8214351
Boca e garganta CÂNCER –  1235689
Câncer colorretal – 5821435
ESOFÁGICA – 8912567
O câncer de estômago – 8912534
CÂNCER DE FÍGADO – 5891248
Câncer nos ossos – 1234589
CÂNCER papila DUODENAL MAYOR – 8912345
LIPS câncer – 1567812
CÂNCER DE GLANDULAS SALIVARES – 9854321
Extrahepatic BILIAR câncer do trato – 5789154
Cancro do ovário – 4851923
CÂNCER DE MAMA – 5432189
CÂNCER DE PÊNIS – 8514921
Câncer de pele – 8148957
CÂNCER DE PRÓSTATA – 4321890
CÂNCER DE PULMÃO -4541589
CÂNCER RENAL – 56789108
O cancro de tireóide – 5814542
Câncer uretral – 5891856
Cancro de bexiga – 89123459
VESÍCULA BILIAR CÂNCER – 8912453
Câncer de intestino – 5485143
CÂNCER PANCREÁTICO- 8125891
CÂNCER TESTICULAR- 5814321
CÂNCER vaginal e Genital Externo – 2589121
HEMATOSARCOMA E Linfoma – 54321451
Linfogranuloma (doença de Hodgkin) – 4.845.714
LINFOMA DA PELE 5891243
Melanoma – 5674321
Mesotelioma – 58912434
Neuroblastoma – 8914567
Plasmacitoma, mieloma múltiplo, linfoma
NO HODGKIANO – 8432184
Rabdomiossarcoma CRIANÇA – 5671254
SARCOMA Kaposi – 8214382
SOFT sarcoma de tecido – 54321891
Tumor cerebral ou medular – 5431547
TUMOR cavidade nasal e seios paranasais – 8514256
Tumoral na nasofaringe – 5678910
Tumor de células de ilhas – 8951432
TUMOR ÚTERO -9817453
Tumor da paratireóide – 1548910
TUMOR SUPRARRENAL- 5678123

3 – Sepse – 58143212
A sepse (envenenamento do sangue) crônica – 8145421
A sepse (envenenamento do sangue) aguda – 8914321

4 – Síndrome de Cid – 5148142
A coagulação intravascular disseminada (DIC SÍNDROME,
Coagulopatia de consumo) – 8123454

5 – As doenças do aparelho cardiovascular – 1289435
Aneurisma da aorta – 48543218
ANEURYSM CARDÍACA – 9187549
Arritmia (arritmia cardíaca) – 8543210
Aterosclerose – 543 21898
Asma cardíaca – 8543214
Coração pára – 9874321
Azia – 8124567
Cardiomiopatias (cardiomiopatia) – 8421432
CARDIOSCLERIOSIS – 4891067
COLAPSO-8914320
Cor pulmonale (congestão pulmonar) – 5432111
Crise hipertensiva – 5679102
CRISE vascularização 8543218
ADQUIRIDO defeito cardíaco – 8124569
Cardiopatia congênita – 9995437
DISTONIA Neuroci RCULATORIA – 5432150
EDEMA PULMONAR- 543 211 12
Endocardite – 8145999
Doença isquêmica do coração – ECI (DOENÇA
Coronária) – 1454210
Angina (angina de peito) – 8.145.999
FALHA CARDIOVASCULAR- 85432102
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA – 8542196
HIPERTENSÃO – 8145432
HIPOTENSIÓN- 8143546
Infarto (ataque cardíaco) -8914325
FALHA vascularização – 8668888
MIOCARDIODISTROFIA – 30 8432110 (07)
Miocardite – 85432104
Neuropatia Autonômica (DISTONIA VEGETOVASCULAR) – 8432910
MAJOR oclusão da artéria – 8153213
Pericardite – 9996127
VASCULITE sistemicamente 1894238

6 – Doenças Reumáticas – 8148888
Doenças articulares – 5421891
Artrite de células gigantes (arterite craniana, ARTERITE
TEMPORÁRIA DOENÇA DE HORTON) – 9998102
Takayasu ARTRITE – 8945432 artrite degenerativa (osteoartrite, osteoartrose, artrose deformante, degenerativas DOENÇA COMUM) – 8145812
ARTRITE INFECCIOSA- 8111110
A artrite psoriásica – 0145421
Artrite reativa – (REITER SÍNDROME) – 4848111
ARTRITE REUMATÓIDE – 8914201
Dermatomiosite (polimiosite) – doença articular 5.481.234 tecido conjuntivo (DESORDEM
SHARP) – 34 1484019 (26)
CORAÇÃO doença reumática (febreReumática) – 5481543
Difusa Doenças do Tecido Conjuntivo – 5485812
SCLERODERMA O ESCLEROSE sistemicamente 1110006 espondilite anquilosante (doença de Bechterew,
STRUEMPELL-MARIE DOENÇA) – 4891201
Granulomatose – 8943568
Lupus Eritematoso Sistêmico – 8543148
Periartrite – 4548145
Gout (GOTA) – 8.543.215
POLIARTERITE KNOTTY (periarteritis KNOTTY, DOENÇA KUSSMAUL) – 54321894
Rheumatism, perto do tecido mole JUNTAS – 1489123
Goodpasture (GLOMERULONEFRITE, pneumonia Hemorrágica) – 8491454
SÍNDROME DE TANQUES DE VIDRO – 0014235
síndrome Sjoegren (Síndrome SICCA DOENÇA SÍNDROME Mikulicz) – 4891456
Tenossinovite – 1489154
Tromboangeíte obliterante (doença Buerger) – 8945482
Hemorrágica vasculites (vasculite alérgica, ROXO Henoch-Schonlein) – 8491234
A vasculite sistémica (VS) – 1894238

7 – Doenças Respiratórias – 5823214
Antracose – 5843214
ASBESTOSE – 4814321
A asma brônquica – 8943548
Aspergilose – 481543271
BRONQUIOLITE (inflamação aguda DE Brônquios) – 89143215
Bronquite aguda – 4812567
Bronquite Crônica – 4218910
CÂNCER DE PULMÃO – 4541589
Candidíase pulmonar (pulmão CANDIDIASIS) – 4891444
Enfisema PULMONAR- 54321892
Fibrose pulmonar (NEUMOESCLEROSIS) – 9871234
89143 211 MIOCÁRDICO PULMONAR-
METACOLOCONIOSIS – 4845584
Pneumoconiose – 8423457
Pneumoconiose ORGÂNICO DUST – 4548912
PNEUMONIA – 4814489
Aguda intersticial pneumonite (SÍNDROME Hamman-Rich) – 4814578
Pleurite (pleurisia) – 4854444
DEI pneumoconiose. MINEIRO DE CARVÃO (CARBOCONIOSIS,
PRETO doença pulmonar) – 8148545
SARCOIDOSE -4589123
Silicose (doença de POTTER) -4818912
Silicatose -2224698
Talcose – 4845145
TUBERCULOSE PULMONAR – 8941234

8 – Doenças Digestivas – 5321482
Cárdia acalasia (cardioespasmo, espasmo de hiato,
Megaesôfago EXPANSÃO DO ESÔFAGO idiopática) – 4895132
As alergias alimentares – 2841482
Amiloidose – 5432185
Amebíase -1289145
GÁSTRICA Aquilia – 8432157
Lentidão do esôfago e do estômago – 8123457
BERIBÉRI – 3489112
CANDIDA (fungos na infecção na boca MUSHROOM) – 54842148
Cardiospasm – 4895132
Cirrose Hepática – 4812345
Colecistite crônica – 5481245
COLITE – 8454321
Colite aguda – 5432145
Colite crônica – 5481238
DOENÇA FIEPATOLENTICULAR Degeneration (Wilson Konowalow) – 5438912
DIABETES TANNED – 5454589
DIARRÉIA – 5843218
DIARRÉIA FUNCIONAL – 812 34574
Dispepsia (indigestão) – 1112223
Dispepsia Funcional (ESTÔMAGO hiperacidez) -5484214
Discinesia BILIAR- TRATO DIGESTIVO discinesia 58432144 (Dispepsia, gastroptose,
DIARRÉIA FUNCIONAL) – 81234574
Discinesia INTESTINAL – 54321893
FÍGADO Distrofia – 9876512
Duodenite – 5432114
Duodenite aguda – 481543288
Duodenite crônica 8432154
Disbiose intestinal (INTESTINAL Disbacteriose) – 5432101
EDEMA fome (edema de fome, hidropisia A fome, FOOD DISTROFIA) – 5456784
A doença de Whipple’S – 4814548
Enterite – 8431287
Enterite CRÔNICA – 5432140
Enterocolite – 8454321
Enteropatia do intestino – 8432150
Enteropatia exsudativa – 4812 3454
Enteropatia induzida por glúten (espru celíaco, sprue NO TROPICAL Idiopática esteatorréia) – 4891483
Enteropatia, DEFICIÊNCIA dissacaridades – 4845432
ESCORBUTO – 5432190
ESOFAGUISMO – 5481248
Esofagite – 54321489
SPASM ESOFÁGUICO – 8123457
Espasmo intestinal (INTESTINAL CÓLICA) – 8123457
Nontropical – 8432150
Sprue tropical (DIARRÉIA TROPICAL) – 5481215
PRISÃO DE VENTRE – 5484548
Fleimão ESTÔMAGO – 4567891
Gastrite – 5485674
Gastrite aguda – 4567 891
Gastrite crônica – 5489120
Gastroenterite – 5485674
Gastroenterocolite – 5485674
Gastroparesia (AGUDA GÁSTRICA folga) – 5485671
Gastroptose – 812 34574
Hemocromatose (Cirrose pigmentado, DIABETES bronzeada, DOENÇA DE FERRO SOBRECARGA, SIDEROFILIA SÍNDROME
TROISIER- HANOT- Chauffard) – 5454589
HEPATITE-5814243
HEPATITE estridentes 58432141
HEPATITE CRÔNICA – 5123891
Hepatosis – 9876512
Hepatosis AGUDA (TÓXICO danos no fígado) – 1234576
Hepatosis colestática (COLESTASE) – 5421548
Hepatosis CRÔNICA (fígado gordo, esteatose
FÍGADO) – 5143214
Hiperbilirrubinemia Benigna – 845 148 51
Hiperbilirrubinemia Congênita – 8432180
Posthepatic hiperbilirrubinemia (icterícia OBSTRUTIVA) – 54 8214321 (17)
Idiopática hiperlipidemia (hyperliproteinemia, LIPOIDIS HEPATOSPLENOMEGALICA) – 4851888
HIPERTENSÃO portal- 8143218
Icterícia – 5432148
Icterícia FUNCIONAL – 845 148 51
Ileíte – 8431287
Indigestão-9988771
FLASH ILEOCECAL VÁLVULA (BAUHINITIS) – 58432148
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA ESFÍNCTER – 8545142
Insuficiência hepática – 8143214
Lymphangiectasia COLON – 5214321
Lipidosis HEPATOSPLENOMEGALICA – 4851888
INTESTINAL LIPODOSTROFIA (doença de Whipple) – 4814548
Má absorção -48543215
Pneumatose GÁSTRICA – 54321455
Crônica Pancreatite-5891432
PARALISIA DUODENAL – 8123457
Cirrose PIGMENTO – 5454589
Síndrome carcinóide – 4848145
Hepatoesplenomegalia SÍNDROME (DESORDEM HEPATOLIENALICO) -845 148
SÍNDROME Superior artéria mesentérica (AMS) – 5891234
GASTROCARDIAL SÍNDROME (TRANSTORNO ROEMHELD) – 5458914
POSTHEPATÍTICO SÍNDROME – 4812819
TUBERCULOSE GASTROINTESTINAL – 8143215
Úlcera péptica do esôfago – 8432182
Úlcera péptica de estômago e duodeno – 8125432
SIMPLES ÚLCERA Intestino NÃO ESPECÍFICAS – 48481452
Úlcera de estômago, SINTOMÁTICO – 9671428
Jejunite – 8431287
Zinga – 54321481

9 – Doenças dos rins e do trato urinário – 8941254
Amiloidose – 4512345
Anomalias do sistema urinário – 1234571
Cistite-48543211
Cólica renal – 4321054
ECLÂMPSIA Renal 8149141
DOENÇA RENAL CRÔNICA (insuficiência renal CRÔNICA) – 5488821
Doença renal policística (ERP) – 5421451
INSUFICIÊNCIA RENAL – 4321843
Insuficiência renal aguda – 8218882
GLOMERULONEFRITE (GN proliferativa difusa) – 4812351
Glomerulonefrite aguda – 4285614
Hidronefrose – 5432154
RENAL-4321843
Nefrolitíase (pedras nos rins) – 5432143
Pielite – 61 5432110 (10) PIELONEFRITIS – 58143213
TB renal 5814543
UREMIA AGUDA – 5421822
UREMIA CRÔNICA – 8914381
Uretrite – 1387549

10 – Doenças do Sangue – 1843214
Agranulocitose – 4856742
Anemia aplástica (hipoplasia) – 5481541
Anemia hemolítica auto-imune – 5814311
ANEMIA CONGÊNITA, com a alteração da síntese Porfirina – 4581254
Anemia Falciforme – 7891017
Anemia Hemolítica – 5484813
Anemia megaloblástica – 5481254
ANEMIA POR CHUMBO ENVENENAMENTO – 1237819
Aguda pós-hemorrágica Anemia (perda de sangue, AGUDA) – 9481232
Diátese HEMORRÁGICA- 5148543
DOENÇA diátese hemorrágica causada por um de THE
NAVIOS DE SANGUE – 54815438
A doença de Gaucher (lipidosis cerebrósido) – 5145432
Doença de radiação aguda – 481543294
CRÔNICA DE RADIAÇÃO DOENÇA – 4812453
Stomatocytosis HEREDITÁRIA – 4814581
Favismo – 54321457
Hemoblastose OUT da Medula Espinal, HEMATOSARCOMA
E linfoma (linfocitoma) – 54321451
Hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) – 5481455
HIPOPROTROMBINEMIA- 5481542
LEUCEMIA-5481347
Linfogranuloma (doença de Hodgkin) – 4845714
MIELOCITOSIS (LEUCEMIA Mielóide Crônica) – 5142357
Neutropenia congênita – 8432145
Ovalocytosis HEREDITÁRIA (eliptocitose HEREDITÁRIA) – 51454323
Paraproteinemia TUMORES PRODUTORES – 0432184
Quimioterapia, EFEITOS COLATERAIS – 4812813
REAÇÕES leucêmicas – 5814321
TALASSEMIA – 7765437
Trombocitopatia – 5418 541
TROMBOFILIA hematogênica – 4814543

11 – Transtornos Endócrinos e Metabólicas – 1823451
ACROMEGALIA- 1854321
Bócio endêmico – 5432178
Bócio difuso tóxico (doença grave) – 5143218
Deficiência de hormônio do crescimento (nanismo Hipofisário) -4141414
Desenvolvimento sexual precoce – 4814312
Distúrbios congênitos de diferenciação GÊNERO – 5451432
Diabetes insípido – 4818888
DIABETES MELLITUS – 8819977
A doença de Addison (adrenocortical FALHA PRIMÁRIA) – 4812314
FEOCROMOCITOMA- 4818145
HIPERINSULINEMIA (DISINSULINISMO) – 48454322
HIPERPROLACTINEMIA – 4812454
HIPOGONADISMO (MAN) – 48143121
Hipoparatireoidismo (TETANOPARATIROIDAL) -4514321
Hipopituitarismo (PANIPOPITUITARISMO, DOENÇA Simmonds) – 48143214
O hipotireoidismo (mixedema) – 4812415
OBESIDADE – 4812412
Osteíte fibrosa cística – 5481412
Síndrome de Cushing – 54321458
DISPITUITARISMO SÍNDROME PUBERALJUVENIL -4145412
TIREOIDITE – 4811111
TUMORES (VEJA TAMBÉM – Acromegalia, virilismo, HIPERINSU- LINEMIA, hiperparatireoidismo, FEOCROMOCITOMA) - 4541548
Virilismo – 89143212

12 – doenças ocupacionais – 4185481
AGENTES doenças ocupacionais
PRODUTOS QUÍMICOS – 9916515
DOENÇAS PROFISSIONAIS DE ESGOTAMENTO – 4814542
Doença profissional fatores de exposição FÍSICA (DOENÇA VIBRATIONAL) -4514541
Doença profissional agentes de influência BIOLÓGICA – 81432184

13 -Intoxicação aguda – 4185412
CHOQUE exotoxic – 4185421
RINS PREJUÍZO (NEFROPATÍA TÓXICO) -5412123
Dano hepático (fígado tóxico) – 48145428
TRANSTORNO psychoneurotic PELA EXPOSIÇÃO TÓXICO – 9977881
AGUDA INTOXICAÇÃO – A intoxicação contato – 4814823
Venenos ingeridos – 5142154
VENENO DE INALAÇÃO – 4548142
POISON INJECTADO – 4818142
Envenenamento causado pelo SNAKE mordidas e
OUTROS animais peçonhentos – 4812521
Picada de escorpião – 4188888
SNAKE BITES – 4114111
BITES TARANTULA – 8181818
Vespa e picada de abelha – 9189189

14 – Doenças infecciosas – 5421427
ALVEOLOCOCOSIS (EQUINOCOCOSE ALVEOLAR, ECHINOCOCCUS Multilocular) – 5481454
Amebíase – 79 1289145 (17) ANQU eu LOSTOMIAISIS – 4815454
ÁN’T’RAX – 9998991
Ascaridíase (lombrigas infecção) – 4814812
Bacterioses E. COLI (ESQUERIQUIOSIS) – 1.238.888
Balantidiasis – 1543218
Botulismo de origem alimentar – 5481252
A brucelose (doença Bang, FEBRE DE MALTA) – 4122222
Campylobacter jejuni – 4815421
CISTICERCOSE – 4512824
CLONORQUTASIS (fígado fluke PEST CHINÊS) – 5412348
RAIVA – 4891491
Difilobotríase (FISH tinham infecção ou grande) – 4812354
difteria 5556679
Disenteria (shigelose) – 4812148
Encefalite transmitida por carrapatos – 7891010
DOENÇA Botkin – 5412514
PARRACHO DOENÇA-ZINSSER- 514854299
Marburg vírus da doença (FEBRE HEMORRÁGICA DA Marburg, Ebola) – 5184599
Doença da arranhadura do gato (linfadenite subaguda REGIONAL) – 48145421
Enterobíase – 5123542
ENTEROVIRUS – 8123456
EQUINOCOCOSE – 5481235
Erisipela – 4123548
SCARLET (escarlatina) – 5142485
A esquistossomose (bilharziose) – 48125428
ESTRONGOLOIDIASIS – 54812527
FASCIOLIOSIS (Fasciolíase) – 4812542
PÉ – 9912399
FEBRE HEMORRÁGICA com síndrome renal – 5124567
Febre Q 5148542
Tifóide e paratifóide febre (tifo abdominal) – 1411111
GIARDÍASE (giardia) – 5189148
GRIPE SAZONAL – 4814212
Helmintíase – 5124548
VIRAL hepatite A e B (doença Botkin) – 5412514
Herpes Simplex – 2312489
Hydrophobia – 4812543
Himenolepíase – 54812548
Infecção por Mycoplasma (atípicas PNEUMONIA, PNEUMONIA WALKER) – 5481111
Infecções respiratórias agudas (FRIO COMUM) – 48145488
A infecção meningocócica – 5891423
INTOXICAÇÃO ALIMENTAR – 5184231
Legionelose (doença do legionário) – 5142122
Leishmaniose – 5184321
Leptospirose (doença de Weil) – 5128432
Listeriose – 5812438
MALÁRIA – 5189999
Metagonimiasis – 54812541
Mononucleose infecciosa (doença Pfeiffer, BEIJO ILL) – 5142548
OPISTORQUTASIS – 5124542
ORNITOSIS (psitacose) – 5812435
Parapertussis – 2222221
PAROTIS EPIDEMIA (MUMPS) – 3218421
Pediculose (infestação por piolhos) – 48148121
A coqueluche (tosse convulsa) – 4812548
FEBRE – 8998888
Pseudotuberculosis YERSINIA- 514854212
RAIVA (hidrofobia, RAGE) – 4812543
Rotavírus – 5148567
RUBÉOLA (SARAMPO ALEMÃO) – 4218547
SALMONELOSIS- 5142189
SARAMPO-4214825
TENIARRINCOSIS – 4514444
TENÍASE – 4855555
TÉTANO – 5671454
Tifo Epidemia – 1444444
Tifo TICK de Queensland (COLORIDO FEVER) – 5189499
Toxoplasmose – 8914755
Whipworm (tricuríase) – 4125432
TRICOSTRONGILOSIS – 9998888
TRIQUINELOSE – 7777778
A tularemia – 4819489
CHICKEN POX – 48154215
Varíola – 4848148
Varíola minor – 4848148
Imunodeficiência SÍNDROME DE VÍRUS (HIV, AIDS) – 5148555
Lersiniose – 5123851

15 – Doenças deficiência de vitamina – 1234895
Deficiência de Vitaminas – 5451234
Deficiência de vitamina A (deficiência de retinol) -4154812
Deficiência de vitamina B1 (tiamina) – 1234578
Deficiência de vitamina B2 (deficiência Riboflavina) – 1485421
A deficiência de vitamina PP B3 (deficiência de vitamina, NIACINA DEFICIÊNCIA) – 1842157
A deficiência de vitamina B6 (piridoxina deficiência) – 9785621
Deficiência de vitamina C (ácido DEFICIÊNCIA ASCÓRBICO) – 4141255
Deficiência de vitamina D – 5421432
Deficiência de vitamina K – 4845414
FIIPOVITAMINOSIS – 5154231
POLIAVITAMINOSIS – 4815432

16 – As doenças infantis – 18543218
Alergia respiratória – 45143212
Anemia – 48543212
Anemia ferropriva – 1458421
ANEMIA eu IEMOLÍTICATÓXICA -45481424
A asma brônquica 58145428
ARTEFATOS vácuo (asfixia) – 4821543
Bronquite aguda – 5482145
Bronquite alérgica – 5481432
Defeito congênito CORAÇÃO (CRIANÇAS) – 14891548
Antitripsina, Alpha 1- 1454545
DIABETES FOSFATO – 5148432
Diabetes insipidus – 5121111
DIABETES MELLITUS – 4851421
DIABETES renal (rim glicosúria) – 5142585
Diátese alérgica (predisposição a alergias) -0195451
Diátese hemorrágica – 0480421
Dispepsia PARENTAL – 8124321
Dispepsia SIMPLES – 5142188
Dispepsia TÓXICA- 514218821
DISTONIA VEGETATIVE-circulatório – 514218838
A doença celíaca – 4154548
Doença Hemolítica RECÉM-NASCIDO (DOENÇA Rhesus fetal eritroblastose) – 5125432
Doença hemorrágica do recém-nascido – 5128543
A cardiopatia reumática – 5481543
Dores nas canelas (cólicas) – 51245424
Enteropatia exsudativa (enteropatia, PERDIDA PROTEÍNA) – 4548123
CRIANÇAS DO ESTADO Subfebrile – 5128514
Estenose do piloro (estenose hipertrófica do piloro INFANTIL) – 5154321
Fenilcetonúria – 5148321
A fibrose cística (mucoviscidose) – 9154321
GALACTOSEMIA – 48125421
CRIANÇAS EM GLOMERULONEFRITE – 5145488
HEMOFILIA- 548214514
Hiperplasia Adrenal Congênita – 54143213
HIPERTENSÃO portal- 45143211
Hipervitaminose D – 5148547
Hipotireoidismo-4512333
HISTIOCITOSE TIPO X – 5484321
Icterícia neonatal (icterícia neonatal) -4815457
STAPHYLOCOCCUS INFECÇÃO – 5189542
LARINGITE ALÉRGICA- 58143214
PSEUDO LARINGITE SUBGLÓTICA- 5148523
Garupa (laringite subglótica, Garupa) – 1489542
Nefrite hereditária (síndrome de Alport) – 5854312
PNEUMONIA INTERSTICIAL- 4814489
PNEUMONIA para neonatal 5151421
PNEUMONIA cronicamente 51421543
Pneumonite de hipersensibilidade (alveolite alérgica) – 51843215
Piloroespasmo – 5141482
NÃO POLIARTERITE CRÔNICA ESPECIFICAMENTE 8914201
VONTADE LINFÁTICA- 5148548
Reumática PURPLE (Henoch-Schoenlein, PURPLE SCHOENLEIN- Henoch) – 5128421
Raquitismo (deficiência de vitamina D, raquitismo) – 5481232
Rinite Alérgica e Sinusite – 5814325
Sepsis neonatal – 4514821
ESTRESSE EM BEBÊS SÍNDROME RESPIRATÓRIA – 5148284
Síndrome de má absorção – 4518999
SALT PERDA síndrome renal (PSEUDOHIPOALDOSTE- RONISMO) -3245678
TONI-Debré SÍNDROME-FANKONI – 4514848
Síndrome Alcoólica Fetal – 4845421
Síndrome tóxica (COM EXICOSIS intoxicação) – 5148256
SUBSEPSIS alérgica (síndrome. Wissler) -5421238
TÉTANO INFANTIL (espasticidade) – 5148999
Traqueíte REAÇÃO – 514854218
Intracraniana trauma do nascimento – 518999981
TUBERCULOSE – 5148214
Tuberculose latente (TB assintomática) – 1284345
Vômitos – 1454215
Angioma (HEMANGIOMA) – 4812 599
Apendicite na Infância-9999911
Atresia retal 6555557
A atresia biliar-9191918
ATRESIA Intestino delgado – 9188888
Atresia do esôfago – 8194321
Atresia duodenal e estenose – 5557777
Cephalhematoma (subperiostal sangramento) – 48543214
Divertículo de Meckel – 4815475
Esôfago, queimaduras químicas – 5148 599
Estenose pilórica – 5154321
Fleimão RECÉM-NASCIDO – 51485433
SANGRAMENTO gastrointestinais – 5121432
Hérnia diafragmática – 5189412
Intussuscepção, intussuscepção – 5148231
OSTEOMIELITE epifisária – 12345895
Fenda palatina (lábio leporino) – 5151515
Onfalocele (AMNIOCELE) – 5143248
Teratoma SACROCOXIGEAL REGIÃO – 481543238

17 Obstetrícia, doenças femininas - 1489145
Amenorreia - 514354832
Anestesia durante o parto - 5421555
Anexite (inflamação do ovário) - 5143548
Anomalias durante o parto - 14891543
Apoplexia dos anexos - 1238543
Asfixia do feto e recém-nascido - 4812348
Bartolinite - 58143215
Câncer nos órgãos femininos - 5148914
Ciclo anovulatório - 4813542
Cistoma nos anexos (ovário) (tumor epitelial) - 58432143
Cistos nos anexos (cistos nos ovários) - 5148538
Climatério, neuroses no climatério - 4851548
Coceira na vulva - 5414845
Colpite - 5148533
Corioepitelioma (córion carcinoma) - 4854123
Corte asséptico do cordão umbilical - 0123455
Craurose da vulva - 58143218
Descolamento precoce da placenta - 1111155
Determinação da data do nascimento - 1888711
Dismenorreia, hemorragia menstrual com dor - 4815812
Doenças das glândulas mamárias (pouca produção de leite) - 48123147
Doenças femininas - 1854312
Embolia do líquido amniótico - 5123412
Endocervicite - 4857148
Endometriose - 5481489
Endometrite - 8142522
Erosão do colo uterino - 54321459
Esclerocistose no ovário (Stein-Leventhal) - 518543248
Excesso de líquido amniótico - 5123481
Flúor genital (corrimento) - 5128999
Gonorreia em mulheres - 5148314
Gravidez - 1899911
Gravidez extrauterina - 4812311
Gravidez múltipla - 123457854
Gravidez prolongada - 5142148
Hemorragias ginecológicas - 4814821
Hemorragia uterina disfuncional - 4853541
Infertilidade - 9918755
Leucoplasia da vulva, no colo uterino - 5185321
Mioma no útero - 51843216
Mola cística - 4121543
Ooforite (inflamação dos ovários) - 5143548
Nascimento precoce - 1284321
Parametrite - 5143215
Pelve anatomicamente estreita - 4812312
Pelve patológica estreita - 4858543
Pelve estreita - 2148543
Período pós-natal normal - 12891451
Período pós-natal patológico - 41854218
Placenta prévia - 1481855
Pólipos no colo e corpo uterino - 518999973
Prolapso do cordão umbilical - 1485432
Prolapso do útero e da vagina e útero caído - 514832183
Rompimento nos órgãos sexuais - 148543291
Salpingite - 5148914
Síndrome adrenogenital - 148542121
Síndrome pré-menstrual - 9917891
Toxicose durante a gravidez - 1848542
Tuberculose nos órgãos sexuais - 8431485
Vaginite (colpite) - 5148533
Vulvite - 5185432
Vulvovaginite - 5814513

18 Doenças neurológicas - 148543293
Abcesso cerebral - 1894811
Amiotrofia espinhal - 5483312
Amiotrofia peroneal (Charcot-Marie) - 4814512
Aneurisma nos vasos que abastecem o cérebro - 1485999
Aracnoidite - 4567549
Atetose - 1454891
Cefaleias - 4818543
Coma - 1111012
Corea - 4831485
Danificação nervosa por causa de reumatismo - 8185432
Desmaio (síncope) - 4854548
Distrofia hepatocerebral - 48143212
Distrofia muscular progressiva - 85432183
Distúrbios do sono - 514248538
Encefalite viral - 48188884
Enxaqueca - 4851485
Enxaqueca na metade da cabeça - 4831421
Epidurite - 888888149
Esclerose Lateral Amiotrófica - 5148910
Esclerose Múltipla - 51843218
Facomatose - 5142314
Herpes zoster - 5144322
Hidroencefalia - 81432143
Insulto cerebrovascular - 4818542
Insulto espinhal - 8888881
Meningite - 51485431
Miastenia - 9987542
Mielite - 4891543
Mielopatia - 51843219
Mielose funicular - 518543251
Miotonia congênita (Síndrome de Thomsen) - 4848514
Miotonia distrófica (Síndrome de Kischmann-Balter-Steiner) - 481543244
Mononeuropatia - 4541421
Narcolepsia - 48543216
Neurosífilis - 5482148
Nevralgia do nervo trigêmeo - 5148485
Oftalmoplegia - 4848532
Paralisia facial / neuropatia dos nervos faciais - 518999955
Paralisia familiar periódica - 5123488
Parkinson - 5481421
PC Paralisia cerebral infantil - 4818521
Poliomielite epidêmica aguda - 2223214
Polineuropatia - 4838514
Radiculite banal (radiculopatia dos discos intervertebrais) - 5481321
Síndrome astênico - 1891013
Síndrome de Eidi - 18543211
Síndrome de Guillain-Barre (poliradiculite) - 4548128
Síndrome diencefálica (hipotalâmica) - 514854215
Síndrome pós-punção (ex. Após punção do liquor) - 818543231
Siringomielia - 1777771
Tontura - 514854217
Trauma crânio-cerebral - 51843213
Tremor - 3148567
Tumores cerebrais - 5451214
Tumores na medula espinhal - 51843210
Tumores no sistema nervoso periférico (neurinomas) - 514832182

19 Doenças psíquicas - 8345444
Alcoolismo - 148543292
Alucinações, obsessões - 8142543
Consciência nebulosa - 4518533
Defeito psíquico - 8885512
Encefalopatia traumática - 18543217
Epilepsia - 1484855
Esquizofrenia - 1858541
Estados negativos - 5418538
Hipocondríaco - 1488588
Ideias hipervalorizadas - 148454283
Narcomania (toxicomania – vício de drogas) - 5333353
Neurose - 48154211
Oligofrenia - 1857422
Paralisias progressivas - 512143223
Psicopatias - 4182546
Psicose depressiva-maníaca (bipolaridade) - 514218857
Psicose pré-senil - 18543219
Psicose reativa (por toxinas) - 1142351
Psicose senil - 481854383
Psicose sintomático - 8148581
Psicoses reativas - 0101255
Síndrome afetiva - 548142182
Síndrome amnéstica (Korsakow) - 4185432
Síndrome catatônica - 51843214
Síndrome de delusão (ilusão) - 8142351
Síndrome de alucinação (Halucinose) - 4815428
Síndrome histérica - 5154891
Síndrome psico-orgânica - 51843212
Toxicomania e narcomania (álcool) - 1414551

20 Problemas sexuais - 1456891
Distúrbios de ejaculação - 1482541
Distúrbios de ereção - 184854281
Distúrbios sexuais - 1818191
Distúrbios sexuais neuro-humorais - 1888991
Distúrbios sexuais psíquicos - 2148222
Frigidez - 5148222
Hipersexualidade - 5414855
Impotência - 8851464
Onanismo (masturbação) - 0021421
Perversão sexual - 0001112
Problemas sexuais criadas na imaginação - 1484811
Vaginismo - 5142388

21 Doenças da pele e doenças venéreas - 18584321
Actinomicose na pele (pseudomicose profunda)- 148542156
Alopécia - 5484121
Angiite da pele, vasculite - 1454231
Balanite - 5814231
Cancro venéreo mole - 4815451
Candidíase - 9876591
Coceira na pele - 1249812
Condiloma acuminado - 1489543
Cravo simples - 514832185
Dermatite atópica - 5484215
Dermatites - 1853121
Dermatofitose - 5148532
Dermatomicose (microsporia) - 1858321
Eczema - 548132151
Epizoonose (causada por sarna) - 5189123 / 8132548
Eritema exsudativo multiforme - 548142137
Eritema nodoso - 15184321
Eritrasma (pseudo-micose) - 4821521
Gonorreia masculina - 2225488
Hanseníase - 148543294
Ictiose (pele escamada) - 9996789
Linfogranulomatose inguinal - 1482348
Mastocitose - 148542171
Micose com aspecto de fungo (linfoma benigno da pele) - 4814588
Molusco contagioso - 514321532
Neurodermite - 1484857
Piodermia - 51432149 / 8145321
Pitiríase rosada (eritematoscamose) - 5148315
Pitiríase versicolor - 18543214
Psoríase - 999899181
Rosácea - 518914891
Sarna - 5189123 / 8132548
Seborreia - 1234512
Sífilis - 1484999
Síndrome de Lyell (epidermólise tóxica aguda) - 4891521
Síndrome de Stevens-Johnson (eritema exsudativo multiforme maior) - 9814753
Tínea (micose no pé) - 4518481
Tinha favosa - 4851481
Toxicodermia - 514832184
Tricofitose - 4858415 / 4851482
Tuberculose da pele - 148543296
Tumores na pele - 1458914
Urticária - 1858432
Vasculite na pele - 5142544
Verrugas - 5148521
Vitiligo - 4812588

22 Doenças cirúrgicas - 18574321
Abcesso - 8148321
Actinomicose - 4832514
Adenoma na próstata - 51432144
Amputação traumática - 5451891
Aneurisma - 48543218
Aneurisma no coração - 9187549
Anquilose - 1848522
Apendicite - 54321484
Ateroma - 888888179
Atresia congênita das vias biliares em recém-nascidos - 948514211
Atresia do esôfago - 518543157
Broncoectasias - 4812578
Bursite - 75184321
Carbúnculo - 483854381
Choque traumático - 1454814
Cisto na glândula mamária - 4851432
Cistos e fístulas no pescoço lateral - 514854214
Cistos e fístulas no pescoço do meio - 4548541
Cisto epidermoidal no cóccix - 9018532
Cisto pulmonar congênito - 4851484
Colangite - 8431548
Colecistolitíase - 0148012
Colecistite aguda - 4154382
Colite ulcerosa não específica - 48143211
Congelamentos - 4858514
Contraturas das articulações - 8144855
Contratura Dupuytren - 5185421
Contusão - 0156912
Corpo estranho no esôfago - 14854321
Corpo estranho no estômago - 8184321
Corpo estranho nos brônquios - 5485432
Corpo estranho nos tecidos moles - 148543297
Criptorquismo - 485143287
Decúbito - 6743514
Deformação do hálux para fora - 5418521
Distorções - 5148517
Divertículos - 48543217
Divertículos intestinais - 4851614
Doença de Crohn - 94854321
Doenças cirúrgicas dos órgãos abdominais - 5184311
Doenças cirúrgicas dos órgãos torácicas - 5184312
Doenças cirúrgicas em adulto - 5843215
Doenças cirúrgicas em recém-nascidos - 514218871
Doenças cirúrgicas agudas dos órgãos abdominais - 5484543
Doenças do aparelho motor e de sustentação - 514218873
Doenças inflamatórias com pus - 514852171
Doenças traumáticas e ortopédicas - 1418518
Empiema pleural - 514854223
Endarterite obliterante - 4518521
Estenose no piloro - 81543211
Feridas - 5148912
Ferimento dos órgãos internos - 8914319 / 5432188
Fibroadenoma na glândula mamária - 4854312
Fimose e parafimose - 0180010
Fissura anal - 81454321
Fístula no reto - 5189421
Fístula traqueoesofágica - 514854714
Flebotrombose - 1454580
Fleimões - 48143128
Fleimões necróticos em recém-nascidos - 514852173
Fratura - 7776551
Furúnculo - 5148385
Gangrena gasosa - 45143218
Gangrena no pulmão - 4838543
Ginecomastia - 4831514
Hemartrose - 4857543 / 7184321
Hemorragias externas - 4321511
Hemorragias internas - 5142543
Hemorroidas - 58143219
Hepatite (icterícia) mecânica - 8012001
Hérnia diafragmática congênita - 518543257
Hérnias - 95184321
Hidrocele no testículo e no canal seminífero - 481543255
Inflamação das glândulas sudoríparas (hidroadenite) - 4851348
Leiomioma - 5514214
Linfadenite - 4542143
Linfangite - 484851482
Lipoma - 4814842
Mastite - 8152142
Mastite em recém-nascido - 514854238
Mastopatia - 84854321
Mediastinite - 4985432
Megacólon - 4851543
Oclusão das artérias mesenteriais - 81543213
Oclusão intestinal - 4548148
Orquite - 818432151
Osteomielite hematôgena aguda - 5141542
Osteomielite traumática - 514854221
Panarício - 8999999
Pancreatite aguda - 4881431
Paraproctite aguda - 4842118
Pé chato - 1891432
Pé equino - 485143241
Peritonite - 1428543 / 4184321
Piopneumotórax - 148543299
Pneumotórax - 5142147
Pneumotórax espontâneo - 481854221
Pólipo - 4819491
Prolapso do anus - 514832187
Prostatite - 9718961
Pseudoartrose - 4814214 / 8214231
Queimações térmicas - 8191111
Retenção urinária aguda - 0144444
Rompimento do menisco - 8435482
Síndrome de Dumping (estômago pequeno) - 4184214
Síndrome de Zollinger-Ellison - 148543295
Síndrome pós-colecistectomia - 4518421
Torção - 5123145
Torcicolo - 4548512
Trauma causado por eletrochoque - 5185431
Tromboangeíte - 5432142
Tromboflebite - 1454580
Tuberculose nos ossos - 148543281
Úlcera penetrante - 9148532
Úlcera perfurante - 8143291
Úlcera trófica - 514852154
Unha encravada - 4548547
Uretrite - 1387549
Varizes nas extremidades inferiores - 4831388
Varizes no canal seminífero - 81432151 

23 - Doenças do ouvido, nariz e garganta – 1851432
Adenóides (tonsila faríngea) – 5189514
Abscesso RETROFARINGEAL- 1554321
Aerosinusitis (SINUS barotrauma) – 514 854 237
Tonsillaris angina (aguda amigdalite) – 1999999
Angiofibroma nasofaríngeo juvenil 1111122
Atresia coanal (sinéquias nasais) – 1989142
A cera (cerume) – 48145814
Coriza (rinite, resfriado comum) – 5189912
DISTORÇÃO DA PARTIÇÃO NASAL – 148543285
Doença de Ménière – 514854233
Epistaxe (sangramento nasal) – 65184321

24 – Doenças do olho – 1891014
A ambliopia (olho preguiçoso) – 1899999
Astenopia (fadiga ocular) – 9814214
ASTIGMATISM – 1421543
NERVO ÓPTICO ATROFIA – 5182432
Blefarite – 5142589
FALLS – 5189142
Calázio (cisto das pálpebras) – 5148582
Conjuntivite-5184314
CORIOIDITIS – 5182584 170 (11) DACRIOCISFITIS – 45184321
DESAPEGO retina 1851760
Subluxação do cristalino (deslocamento da lente) – 25184321
ECTRÓPIO (menor inclinação da pálpebra) – 5142321
ENDOFTALMITE – 514254842
Esclerite, episclerite – 514854248
Estrabismo (Tropia, estrabismo) – 518 543 254
Exoftalmia (proptose, olhos esbugalhados) – 5454311
FOTO OFTALMIA (Fotoqueratite, NEVE BLIND) – 5841321
GLAUCOMA (hipertensão ocular) – 5131482
Hipermetropia (visão de longo) – 5189988
Irite – 5891231
BALÃO LESÃO OCULAR- 518432118
Miopia (miopia) – 548 132 198
NEURITE óptica – 5451589
Nyctalopia (cegueira noturna) – 5142842
Oclusão da central da retina VEIA – 7777788
Oclusão da artéria central da retina – 514852178
OFTALMIA simpatica-8185321
STY-514854249
PANOFTALMIA – 5141588
PAPILEDEMA (edema do disco óptico) – 145 432 152
Hipermetropia (hipermetropia ENVELHECIMENTO) – 1481854
PTERIGIO- 18543212
Ptose (queda pálpebras superiores) – 18543121
BURN OLHO (BURN THE EYE) – 8881112
ceratite -518 432 114
QUERATOCONJUNTIVIS VERNAL (FRIO, SPRING) – 514 258 951
RETINITE-5484512
Tracoma – 5189523
Úlcera de córnea – 548432194
UVEÍTE – 548432198

25- Doenças dos dentes e da cavidade oral – 1488514
Abscesso do PREMAXILAR- 518231415
Alveolite DENTAL- 5848188
Anquilose da Articulação Temporomandibular – 5 1 4852 179
Artrite Articulação Temporomandibular – 548432174
CÁLCULOS PARA DENTISTAS (ESCALA) – 514 852 182
DETERIORAÇÃO DENTAL- 5148584
Queilite (lábios rachados) – 518 431 482
Articulação temporomandibular DESLOCAMENTO
(Lockjaw) – 5484311
TOOTHACHE SHARP – 5182544
Doença Periodontal (paradontitis) – 58145421
ESTOMATITE-4814854
Fleimão DE MAXILOFACIAL REGIÃO – 5148312
QUEBRANDO (quebra) DENTE – 814 454 251
JAW QUEBRA – 5182148
GENGIVITE-548432123
Glossalgia (linguagem da dor) – 514 852 181
Glossite (LÍNGUA FLASH) – 1484542
Sangramento após Extração do dente – 8144542
Hiperestesia DENTES – 1484312
Hipoplasia do esmalte dentário – 74854321
DENTAL Infecção Focal – 514854814
LEUCOPLAQUTA – 485148151
DESLOCAMENTO DE DENTES – 485143277
OSTEOMIELITE JAW – 5414214
Papilite INTERDENTAL- 5844522
PERICORONITIS- 5188888
PERIODONTITE – 5182821
PFRIODONTITIS APICAL – 3124601
Pulpite – 1468550
Cisto no maxilar – 514218877
XEROSTOMIA (boca seca) – 5814514

26-  Doenças e estados desconhecidos - 1884321
Cabeça - 1819999
Pescoço - 18548321
Braço e mão direito - 1854322
Braço e mão esquerda - 4851484t
Tronco - 5185213
Perna e pé direito - 4812531
Perna e pé esquerdo - 485148291
Coluna vertebral 214 217 000 819
Coluna cervical – 312 218 212 918
Coluna torácica – 214 217 814 717
Coluna lombar – 498 217 218 227
Sacro – 213 819 222 218
Cóccix – 218 312 248 228

27 Normalização de exames laboratoriais - 1489999
Atividade sistêmica da regulação neuroendócrina - 518432121
Bile - 514852188
Bioquímica do sangue - 514832189
Conteúdo intestinal - 1485458
Saliva - 514821441
Sistema sanguíneo - 148542139
Suco gástrico - 5148210
Urina - 1852155
Sistema sanguíneo - 148542139
Sangue periférico - 4181521
Hemoglobina - 4218543
- homens - 81432142
− mulheres - 2154321
Eritrócitos - 518432129
− homens - 81543212
− mulheres - 2143215
Conteúdo dos pigmentos - 81432152
Leucócitos - 514854240
− homens - 514852187
− mulheres - 8231454

CÓDIGOS SOBRE ALIMENTOS


Escreva em papeis e coloque na geladeira, armários de alimentos .
Abençoar os alimentos - 258041 818 (através deste número, é gerado o controle para alcançar a vida eterna de qualquer um que consumir este alimento). 

Do livro "Zahlen-Konzentration auf Lebensmittel" - Por Grigori Grabovoi

Pão branco - 54931749871
Pão integral - 54961831754
Batatas - 494891519
alho poro- 479894317
Couve-flor - 318567491
Cenouras - 489716318
Tomates - 591318549
Maçãs - 694897548
Pera - 497514894
Bananas - 516498518
Espinafre - 4897183194
Salada - 549649894
Gordura, margarina, manteiga: 5496418911
Pão, farinha, produtos de panificação: 31961871481
Leite e produtos lácteos: 91471831949181
Cereais: 51481631971
Vegetais: 319681398
Frutas e bagaços: 5619494319
Frutas secas: 5496181979
Cogumelos: 56489131849718
Carnes e produtos derivados: 498517494168491894718
Ovos: 3148964971981
Peixes e moluscos: 51849459758961
Carne de porco: 5498197
Açúcar e produtos doces: 598714221
Cebolas - 648541919
Cebolinha - 491894851
Salsa - 548741318
Beterraba - 371894548
Berinjela - 149714319
Abobrinha - 361851368
Abacaxi - 984417319
Pêssego - 894108494
Caqui - 896748516


DICAS DE COMO USAR AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS

Concentração das Sequências Numéricas

Concentre-se nos números, apenas olhando uma sequência. Se forem várias sequências, concentre-se em uma de cada vez.

Também é bom memorizar a seqüência de números, para que você possa se concentrar a qualquer hora.

Ou escrevê-la em um pedaço de papel várias vezes.

Você pode, também, recitar os números ou cantar. Sempre número por número. Exemplo: 48154211 (quatro, oito, um, cinco, quatro, dois, um, um).


Visualizações são também recomendadas

A sequência numérica saindo de um raio de luz e se iluminar.
Imagine as sequências numéricas em 3D e, de preferência, na cor prata.

O trabalho com as cores também é indicado. Imagine os números na sua cor predileta ou naquela cor que vier à mente.

Você pode também trazer movimento aos números, no qual eles se esticam, separam e em seguida juntam-se em um ponto, etc.

Você pode também imaginar os números em uma esfera/bola. A seguir, introduzir a pequena esfera no corpo, no lugar onde dói, por exemplo.

Imagine as sequências numéricas sobre sua cabeça e, a seguir, caindo sobre você como a chuva. Se quiser colorir em luz prateada, ainda melhor!

Você pode escrever mentalmente sobre uma nuvem. Este modo de concentração é muito bom, porque aqui você se concentra nas sequências numéricas e em áreas distantes da consciência ao mesmo tempo. Concentrando-se em áreas distantes da consciência os resultados serão ainda mais rápidos.

Nota: Se se concentra em áreas distantes da consciência, o resultado é muito mais rápido e, portanto, a cura pode acontecer ainda mais rápida. Concentre-se, por exemplo: Nuvem, lua, sol, outros planetas, no infinito…

Também muito bom:

Se você escrever em um pedaço de papel e, sobre ele, por um copo com água por alguns minutos. Pode também escrever na garrafa.

Você pode colocá-lo no bolso do casaco, bolsa etc. Levando sempre consigo para sempre dar uma olhada.

Distribuir vários pedaços de papel com os números no lar, escritório, no carro…

Você pode pendurar os números, por exemplo: 

Nas paredes, nas portas, na geladeira etc. Enfim, POR TODOS OS LUGARES!

Escreva num papel os números e ponha embaixo do travesseiro ou cama, deixando-os „trabalhar“ durante a noite.

Escrever os números numa folha de papel juntamente com a mais positiva formulação de seus objetivos. Ter esta folha sempre consigo para que possa sempre se concentrar nela.

Escrever os números na pele apenas com o dedo ou com caneta. Próximo ou em cima do local afetado. Nota: Use, de preferência, canetas com tinta especial, como para tatuagem falsa. Lápis de cor ou corante para comida.

Você pode escrever em um pedaço de papel e, em seguida, por um esparadrapo, de modo que os números fiquem para baixo, quando você colocar sobre a pele.

Nota 1: Se você precisar de várias sequências de números, concentre-se numa após a outra.

Nota 2: Se usar várias sequências, escreva-as uma embaixo da outra.

Nota 3: Se for escrever num local do corpo que esteja dolorido ou ferido, escreva diretamente em cima onde dói ou próximo ao local ferido.

Nota 4: Visualize apenas o resultado, e näo como vai ser resolvido!

Importante: Enquanto se concentra em uma sequência numérica, tente visualizar o resultado desejado e formular o mais positivamente possível.

Por exemplo:

“Padrão absoluto de saúde”
“Padrão da coluna vertebral”
“Norma absoluta da alma, espírito e corpo”
“Harmonização de eventos“.